eleições

Brasil
0

Política Externa e Eleições

No Brasil, as questões relativas à inserção internacional do país normalmente não têm centralidade nos debates e programas eleitorais. Ao contrário dos temas atinentes à política econômica, educação, saúde, segurança pública etc., a política externa ocupa espaços secundários, muito restritos, nos discursos eleitorais.

América Latina
0

Pela primeira vez em 90 anos, esquerda chega ao poder no México com López Obrador

“Às vezes o México é um país nefasto, mas às vezes também é um país magnífico”. O resultado das eleições gerais deste domingo (1) nos mostra que o povo mexicano está disposto a fazer do México um país magnífico. Com 44% das urnas apuradas, o progressista Andrés Manuel López Obrador (AMLO), do Morena (Movimento de Renovação Nacional), já é considerado o novo presidente e dá fim aos 90 anos de revezamento do PRI e do PAN no poder. Os três rivais reconheceram a derrota.

América Latina
0

Quem é e o que significa a vitória de Iván Duque na eleição à presidência da Colômbia?

O candidato apoiado pelo ex-presidente colombiano de extrema direita Álvaro Uribe, Iván Duque, foi eleito neste domingo (17) e será o novo presidente da Colômbia após ter obtido o apoio de mais de 10 milhões de colombianos, representando 53,98% dos votos.

América Latina
0

Em feito inédito, esquerda estará no segundo turno das eleições da Colômbia

O candidato de esquerda Gustavo Petro, do Movimento Colômbia Humana, disputará o segundo turno da presidência com o direitista Iván Duque, do partido Centro Democrático, e poderá fazer história no país que nunca foi governado pela esquerda em sua história.

Brasil
0

“Queremos acabar com falta de representação indígena na política”, diz Sonia Guajajara

Mulher indígena do povo Guajajara/Tentehar, nordestina do Maranhão, especialista em educação, de 44 anos, Sonia Guajajara é a primeira pessoa indígena a concorrer em uma chapa presidencial no Brasil. Fernanda Canofre, no Sul21 Sonia Guajajara, coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), foi a escolhida dentro do PSOL para ser a vice-presidente — ou co-presidenta — do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos. Apesar de ser filiada ao partido…

Brasil
0

Ano eleitoral: vamos debater a corrupção e os maus costumes

Ano eleitoral. Moralidade, a corrupção, é tema principal, dizem pesquisas. E repetem candidatos a presidente, governos, legislativos. E juízes, procuradores… Bob Fernandes* Muitos recebem auxílio-moradia mesmo morando na cidade onde trabalham… Enquanto punem a imoralidade alheia. O que é certo ou errado, correto ou não? O que deve ou não ser respeitado em nome do bem comum? Esse debate deve mirar autoridades, obviamente. Mas não só. E não só, no topo dos maus costumes, a…

América Latina
1

A sorte está lançada: 9 pontos para entender as eleições na Venezuela

Em 20 de maio, data estabelecida pelo Conselho Nacional Eleitoral para realizar a eleição presidencial — e a de deputados às Assembleias Regionais e Câmaras Municipais — está perto. A sensação que existe na Venezuela é de que praticamente a sorte está lançada, a menos que surja algo imponderável

América Latina
9

Após eleições de março, Cuba é o 2º país do mundo com mais mulheres no Parlamento

Numa altura em que os grandes meios de comunicação do capitalismo fingem promover os direitos da mulher, a presença de mulheres no seio dos órgãos legislativos de numerosos países diminui. Enquanto isso, o Parlamento de Cuba, com 53,22% de mulheres, ocupa o segundo lugar mundial no que diz respeito à participação feminina.

América Latina
0

Conheça Carlos Alvarado, o novo presidente da Costa Rica

O jornalista e politólogo de 38 anos, Carlos Alvarado, candidato pelo governista Partido Ação Cidadã (PAC), ganhou o segundo turno das eleições na Costa Rica neste domingo (1º) com 60,66% dos votos, contra os 39,33% obtidos por seu rival, o pastor evangélico Fabricio Alvarado, do Partido Restauração Nacional (PREN).

América Latina
1

Eleições na Colômbia: Vitória de Álvaro Uribe coloca em xeque pacificação do país

Ainda é cedo para analisar em profundidade o que significa o resultado eleitoral da primeira disputa depois da guerra de meio século na Colômbia. Porém, uma coisa é certa: a extrema-direita mostrou poder de fogo. A vitória esmagadora de Álvaro Uribe deixa claro que a paz estável e duradoura ainda tem um longo caminho para ser conquistada. Por Mariana Serafini, no Portal Vermelho As eleições parlamentares realizadas no último domingo (11) são um marco na…

América Latina
0

Eleições em Cuba: um processo democrático com sangue jovem

As últimas quatro décadas de história eleitoral em Cuba se caracterizaram por seu estreito vínculo com a juventude. O exemplo mais internacionalizado poderia ser, talvez, a segurança das urnas feita por meninos e adolescentes dos ensinos fundamental e médio. Por Nicholas Valdés* Este é um elemento distinto do processo da ilha, que ganha ainda mais significado se for levado em conta que, em nível global, a norma é que as forças policiais ou militares sejam…

América Latina
0

Eleições: cubanos falam sobre renovação do Parlamento e definição de novo presidente

Escolhemos os dirigentes que terão a tarefa de melhorar todas as coisas boas que temos em Cuba, como o estudo gratuito, saúde pública, proteção social para os aposentados e muitas outras coisas”, diz a dona de casa Mercedes Cabrera Rodriguez.

América Latina
0

Cubanos vão às urnas e, pela primeira vez, país não terá heróis da guerrilha no poder

Apesar das reservas, dúvidas e cautelas mostradas por alguns analistas e diversos meios de comunicação, Raúl Castro não continuará sendo o presidente de Cuba após as eleições gerais que se celebrarão no país no próximo domingo (11). Isto não só confirma o que o próprio mandatário já tinha anunciado em múltiplas ocasiões[i], mas também ratifica o que foi acordado em 2011 durante o VI Congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC) sobre a limitação dos principais…

América Latina
0

Na Venezuela, Maduro negocia megaeleição com opositores. Será a saída para a crise?

As eleições presidenciais na Venezuela, marcadas inicialmente para o dia 22 de abril, foram empurradas em um mês, e acontecerão junto com a votação para escolher os membros dos conselhos legislativos estaduais e municipais, no dia 20 de maio. A decisão, anunciada pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela), é fruto de um acordo de garantias eleitorais entre as forças políticas que respaldam a reeleição de Nicolás Maduro, além dos grupos Avançada Progressista (AP), Movimento…

Comunicação
0

Google, Facebook, Twitter e a verdade sobre as “fake news”

Desde o anúncio da sua eleição surpresa e antes mesmo que ele tivesse acesso à Casa Branca, a imensa maioria dos veículos de comunicação dos EUA e da Aliança Atlântica [OTAN] denunciavam o presidente Donald Trump como incapaz, ou mesmo mentalmente perturbado. Desencadeou-se assim uma batalha entre a classe midiática e o novo presidente, cada um deles acusando a outra parte de propagar falsas notícias, as fake news. Por Thierry Meyssan, na Rede Voltaire Os dirigentes…

América Latina
0

Será o fim das eleições na América Latina?

A disputa na América Latina já não é principalmente eleitoral. A restauração conservadora tem outros mecanismos. E não necessariamente são as urnas. A via escolhida [pela direita] quase sempre é outra. Cada caso é diferente: tudo depende do país em questão. Utilizam uma ou outra ferramenta em função do cenário e da disponibilidade. Por Alfredo Serrano Mancilla*, no Portal Vermelho Cada contexto condiciona o método de intervenção para deter/eliminar o bloco progressista. Se ainda têm…

Venezuela
0

Venezuela onde o voto é prá valer

Ao contrário do que alardeiam os grandes meios de comunicação, que fazem oposição sistemática ao processo vigente na Venezuela desde a ascensão de Hugo Chávez, a oposição não se ausentou do processo eleitoral. Alguns partidos declararam, de fato, que não participariam, convocando a população ao boicote.

Brasil
2

João Pedro Stédile: “Governo Temer já acabou. Só não caiu porque burguesia não tem sucessor”

João Pedro Stédile não é apenas uma referência fundamental do Movimento dos Sem Terra (MST), mas também integra a Frente Brasil Popular, que nesses dias se converteu no pesadelo de Temer. Por Geraldina Colotti*, no resumem Latino-Americano. Nesta entrevista, Stédile aborda a atual situação brasileira e as prováveis saídas da crise, incluindo a queda de Temer e a convocatória de eleições diretas já. Você acha que Temer pode cair? Qual seria a maneira de fazer…

França
0

Macron presidente, o mal menor

Emmanuel Macron foi eleito Presidente da França. Segundo o Ministério do Interior francês, apurados mais de 99 % dos votos, Macron obteve  66,06 % e Marine le Pen  33,94 %. A abstenção atingiu 25,4 % e registou-se um recorde de votos brancos e nulos. Tem cabimento concluir que os eleitores se pronunciaram pelo mal menor, porque ambos são políticos reacionários, com programas incompatíveis com as aspirações do povo francês. O ex banqueiro Macron é um…

Manchete
0

França: Lá como aqui, c’est tout la même chose

Nas eleições da França ganhou Macron, o menos pior. O povo vai ter que comer o pão que o diabo amassou. Desemprego, empobrecimento da classe média, aumento da marginalização social nas periferias urbanas e, pior, o avanço do pensamento único imposto pelo capital financeiro. O banqueiro chegou agora ao cume do poder. Paulo Cannabrava Filho* O que ocorre na França, já foi dito aqui por mais de um de nossos colaboradores, decorre da traição da…

Ecuador
0

A dignidade imprescindível do povo equatoriano

Nestes momentos de alegria e festa na América Latina pelo triunfo da Aliança País, é necessário recordar que tudo na história contemporânea teve início com o sonho de um “Ninõ Arañero” (1) (moleque bamba), vendedor de doces de mamão nas ruas de sua terra natal Venezuela. Resumo sua origem porque somos feitos de Memória Histórica e identidade. Meninos como Chávez nascem um a cada quinhentos anos e passam pela terra para marcar a história dos…

Ecuador
0

Equador: Especulações midiáticas uma forma de violência

O diário Expreso do Equador publicou, na terça-feira 13 de fevereiro, novamente uma reportagem “Sem”. Sem citar nomes, sem apresentar provas, sem entrevistar os supostos corruptos que integrariam um novo esquema de corrupção no governo da Revolução Cidadã. Tal qual a pantomímica novidade sobre a lista da Odebrecht, o ridículo de entrevistar o ex ministro foragido Carlos Pareja Yanuzzelli, que acusava o vice-presidente Jorge Glass sem apresentar uma só prova. Este tipo de atuação é…

Ecuador
0

Começa campanha eleitoral para eleições gerais no Ecuador

Os oito candidatos à presidência de Ecuador desenvolvem hoje uma espécie de carreira para acumular mais seguidores dos seus programas de governo, depois do início da campanha eleitoral rumo às eleições gerais de fevereiro próximo. Com o disparo de arrancada, a véspera, os candidatos ao Palácio de Carondelet começaram em firme seus programas destinados a atrair votantes e explicar os planos e medidas que aplicarão em favor do povo, de atingir a vitória nos sufrágios.…

Comunicação
1

Pesquisas eleitorais e meios de comunicação: construtores de quimeras

Como se ganha eleições utilizando pesquisas, redes sociais, localizadores e outros. Para manipular eficazmente às pessoas é necessário fazer todos acreditarem que ninguém os manipula. Sergio Rodríguez Gelfenstein* O fenômeno das pesquisas em tempos eleitorais  e o aparecimento de empresas que realizam esse serviço começa a preocupar o ambiente político em todo o mundo. Isso se inscreve numa lógica  de racionalidade que se sustenta em argumentos científicos que permitem entregar informação aos atores políticos e…

O Mundo de Trump
0

Reflexões não ortodoxas sobre a vitória de Trump

Desde a cidade peruana de Cuzco, onde a cultura Inca foi subjugada pelos espanhóis, vendo como o mundo leva inexoravelmente a uma medida diferente da história. Diante da impossibilidade de escrever uma análise extensa, vão algumas observações dispersas. Roberto Savio* Antes é necessário fazer uma introdução. Em qualquer país do mundo, Hillary Clinton teria vencido a eleição depois de ter recebido o maior número de votos. Não obstante, Estados Unidos não tem uma Constituição democrática.…

O Mundo de Trump
0

Cuba observa sem sobressaltos a vitória de Trump

Talvez pelo costume de tratar com onze presidentes de Estados Unidos, de Eisenhower à Obama e enfrentar ameaças nas 15 campanhas eleitorais nos últimos 56 anos, o triunfo de Donald Trump não provocou trauma para os cubanos. Luís Manuel Arce* Também porque havia em Cuba uma avaliação bastante exata das potencialidades dos dois candidatos, suas formas de expressar e de se projetar, bem como do que cada um poderia significar para o futuro das relações…

Estados Unidos
2

Sete propostas de Trump que a mídia censurou e que explicam sua vitória

O jornalista espanhol Ignacio Ramonet analisa a vitória do republicano à Presidência dos EUA. Ignácio Ramonet* A vitória de Donald Trump (como o Brexit no Reino Unido ou a votação pelo ‘no’ na Colômbia) significa, primeiro, mais uma gigantesca derrota dos grandes meios de comunicação dominantes e dos institutos de pesquisas de opinião. Mas significa também que toda a arquitetura mundial estabelecida após a Segunda Guerra Mundial está sendo transformada e está em decadência. As…

O Mundo de Trump
1

Trank iú, Trump

O eleitor votou ‘pela mudança’ e, sem saber, escolheu mudar para o passado. Flávio Tavares* O espanto, a perplexidade e a dor se misturam numa confusão tão absurda, tola e perigosa que a única resposta é o velho lugar-comum que nada revela: inexplicável. O odioso confesso, o racista, intolerante e atrasado Donald Trump será presidente dos EUA e já antecipou que pretende reeleger-se. Potência econômica, financeira, tecnológica e militar (pátria da Coca-Cola, do McDonald’s, da…

O Mundo de Trump
1

Trump deixa golpistas brasileiros de saia justa

Os golpistas brasileiros estão de saia justíssima depois da vitória espetacular de Trump contra a onda neoliberal americana. Cesar Fonseca A direita e o jornalismo acrítico que ela alimenta se dizem surpresos com o desempenho eleitoral do vitorioso magnata republicano. O que faltou, porém, foi, justamente, jornalismo. A lei número um do jornalismo, de ouvir as duas partes, algo não seguido por William Waack, por exemplo, foi descumprida nos isteites. Caiu na onda neoliberal. Os…

Manchete
3

Não será fácil para Trump nem para os EUA

Eu acreditava que Hillary Clinton ganharia as eleições e escrevi isso assim que confirmaram sua candidatura sem medo de errar. Observando e estudando esse país por décadas, constatei que é um país muito previsível, posto que a população é exageradamente ingênua e manipulada pelos meios de comunicação e o centro do poder dominado por uma oligarquia que há séculos sabe o que quer e o que fazer. Paulo Cannabrava Filho* Desde a primeira constituição as…

O Mundo de Trump
0

Trump, reflexo de nossa miséria

Não há muito que analisar sobre os resultados das votações. Não nos deve surpreender a vitória de Trump. Ele é reflexo do que somos como humanidade: patriarcal, misógina, machista, homofóbica, xenófoba, racista, sexista e fascista. Isso explica que dera uma surra em Hillary Clinton e varrerá com as eleições. Com isso não quero dizer que ela é uma fruta em compota nem que a defenda. Estados Unidos não está preparado para uma mulher presidenta, de…

Brasil
1

O grande vencedor da eleição paulistana: Ninguém

O tucano João Doria foi o primeiro candidato a prefeito da cidade de São Paulo a liquidar a fatura no 1º turno, desde que as eleições brasileiras passaram a ter dois turnos, em 1992. Celso Lungaretti* Mas, com seus 3.085.187 votos, Doria perdeu para Ninguém: a soma dos votos em branco, nulos e das abstenções totalizou 3.096.304 eleitores que não se sentiram suficientemente motivados a ponto de votarem em qualquer dos candidatos. Adiante poderemos quantificar com…

Brasil
0

Eleições 2016: Concluída uma nova farsa eleitoral

Já está em andamento uma nova campanha em disputa das eleições municipais que transcorrerão em todo o país em outubro. Vamos comprar um produto ou vamos votar num candidato? Há candidatos? Ou só há produtos de marketing? Sim, há candidatos… mas é preciso identifica-los, distinguir daqueles que são produto do marketing e do poder do dinheiro. É preciso discutir a cidade, em profundidade, não prometer obras inviáveis. A campanha evidencia a necessidade urgente de uma…

Sem categoria
0

Cidade para quem? Olho no seu voto!

O coletivo Olho no Voto convida a todos e todas a participarem nas atividades da campanha cidade para quem? olho no seu voto, cujo objetivo é desafiar os candidatos a cargos eletivos a se comprometerem a respeitar e realizar o Direito à Cidade. Na próxima sexta-feira (23/09), vamos organizar um projetaço pelo direito à cidade — projeções simultâneas de imagens e frases em paredes e muros da cidade, mais metralhadoras de luz –, às 18h no Largo da…

Peru
0

A Máfia não desapareceu no Peru

Em meados do ano passado, abordando pela primeira vez o tema das eleições cujo desenlace vimos ontem, dissemos que a tarefa do movimento popular era derrotar a máfia, impedir seu retorno ao poder. E a definimos como a soma de duas força: o fujimorismo e o restolho aliancista da Apra. Gustavo Espinoza M.* Mais adiante precisamos que o que se pretendia era colocar o eleitorado diante de uma sinistra alternativa: escolher, finalmente, entre Keiko…

Peru
0

Vitória eleitoral do neoliberalismo e da Aliança do Pacífico

O segundo turno das eleições peruanas, celebradas no domingo 5 de junho, mais que um debate sobre o presente e o futuro tem sido uma disputado das elites sobre o passado. Anibal Garzón Baeza* O ex ministro de Energia, entre 1980 e 1982, sob o governo do conservador Fernando Bela’unde Terry e também ex ministro de Economia e Finanças em 2001, com Alejandro Toledo, entre outras atividades, Pedro Pablo Kuczynski (PPK) enfrentou a Keiko Fujimori.…

América Latina
3

Quatro verdades sobre as eleições no Peru que não estão nos meios de comunicação

* Giovanni Mitrovic  Quatro verdades sobre as eleições 2016 no Peru que você não encontrará nos meios de comunicação tradicionais: Pedro Pablo Kuczynski não deveria estar no segundo turno; o segundo turno das eleições deveria ser entre os votos brancos e nulos e a filha do ex-ditador Alberto Fujimori (1990-2000), Keiko Fujimori; os verdadeiros ganhadores das eleições de 2016 foram os 7,5 milhões de peruanos (um terço dos votantes aptos) que não votaram, votaram em branco…

Estados Unidos
0

Eleições e indocumentados nos Estados Unidos

Em qualquer país do mundo, em qualquer circunstância, os migrantes indocumentados sempre são as maiores vítimas do sistema. Invisíveis como pessoas e visíveis como espólio. Ilka Oliva Corado*  Dos migrantes indocumentados se aproveita o país de origem que os obriga a migrar;  em troca dessa ingratidão recebe as remessas que eles enviam e que são as que mantêm o país à tona. Aproveita-se o país de traslado que desrespeita seus direitos humanos e a liberdade de…

Peru
0

Vitória perigosa da direita no Peru

No Peru ocorreu o que já se previa. A direita pôde cantar vitória depois das eleições peruanas de 10 de abril. Gustavo Espinoza M.* Mesmo tendo havido irregularidades notáveis na votação e se note indícios de fraude, o processo eleitoral em marcha concluiu com a vitória de Keiko Fujimori, com 39,1% no primeiro turno, tendo em segundo lugar o neoliberal Pedro Pablo Kuczynski. A candidata da esquerdista Frente Ampla, Verónika Mendoza, chegou em terceiro lugar.…

Peru
0

Peru na hora das urnas

Gustavo Espinoza M.* A menos de 48 horas do início da eleição de 10 de abril no Peru, toda sorte de especulações se descortinam no cenário. Se bem o denominador comum admite que a mais alta votação no primeiro turno corresponderá a Keiko Fujimori, variam as percentagens que se lhe atribuem. Para uns, estará em torno de 28% e para outros em 35% e há ainda os que sustentam que ascenderá a 41%. Só…

Peru
0

O Peru na reta final das eleições

Gustavo Espinoza M.* É válido dizer que ao ter início o mês de abril o Peru entra na reta final para as eleições nacionais de 2016. As pesquisas trazem algumas surpresas, mas o cenário esta bem demarcado com a saída de vários candidatos que desistiram de participar depois que perceberam não tem chance alguma. De toda maneira e pela natureza da disputa, nessa se mesclam dois elementos: a opção cidadã em busca de um novo…

Peru
0

Feridas da ditadura Fujimori voltam a sangrar no Peru

*Vanessa Martina Silva Milhares de pessoas tomaram as ruas em diversas cidades do Peru nesta terça-feira (05/04) em um grande protesto contra a candidata favorita a vencer as eleições presidenciais do país: Keiko Fujimori. A data foi escolhida para coincidir com o aniversário do auto golpe dado pelo ex-ditador Alberto Fujimori – pai de Keiko – em 1992. Para contar com o simbolismo da data, os movimentos políticos e sociais peruanos decidiram arriscar, realizando a…

América Latina
1

Candidata da esquerda à presidência do Peru é alvo de guerra suja dos meios de comunicação, diz deputado

Redação Após a exclusão de dois candidatos da disputa eleitoral para a presidência do Peru, o país viveu momentos de incerteza devido ao fato de que Keiko Fujimori, que lidera as pesquisas de intenção de voto, também poderia estar fora da corrida por supostas irregularidades na distribuição de dinheiro e “presentes” aos eleitores em período eleitoral. Na última semana, no entanto, a Justiça eleitoral do país decidiu que a filha do ex-ditador Alberto Fujimori não…

Peru
0

Eleições presidenciais: É preciso derrotar a máfia no Peru

Gustavo Espinosa M.* Se nos perguntassem qual é o principal dever dos peruanos, a tarefa de honra no presente, poderíamos circunscrever a uma só formulação: isolar e derrotar a Máfia que procurar apropriar-se novamente do poder utilizando como instrumento a disputa eleitoral de 10 de abril. Porém não podemos nos limitar a considerar essa exigência como a única em nosso roteiro. Vivemos uma etapa crucial na América Latina, quando as forças do império lidam para…

Direitos Humanos
0

Sou latina, sou da América. Por que como americanos não temos o direito de viver em nosso continente?

Ilka Oliva Corado* A conjuntura vivenciada pelos Estados Unidos no processo de eleições presidenciais está destacando a importância da comunidade latina que reside no país. Sim, a importância, embora não pareça. Nunca antes em um processo eleitoral os políticos abordaram como tema de discussão a contribuição da comunidade asiática, europeia e afro descendente com o mesmo afinco que estão falando da comunidade latina nas atuais eleições. É óbvio que, dependendo da visão do candidato à…

Paulo Cannabrava
0

Eleição ou farsa nos Estados Unidos?

Paulo Cannabrava Filho* O povo, nos Estados Unidos, é bastante ingênuo, fruto de muitos anos de alienação e manipulação de sua consciência. De um lado, assumem um fundamentalismo ético religioso, apoiam “guerras santas” contra os demônios da vez, e de outro lado se deixam enganar por uma elite e ajudam a perpetuar o sistema de dominação gerador de crises e de guerras. Agora mesmo, é impressionante, para não dizer trágico, como se deixam enganar pelo processo…

Peru
0

Peru: Pesquisas mostram peruanos inseguros

Gustavo Espinoza M.* Três diferentes pesquisas mostram elementos comuns no cenário eleitoral que terá seu primeiro desenlace no próximo dia 10 de abril no Peru. As empresas patrocinadoras das pesquisas se empenham em destacar o caráter episódico da informação e prenunciam mudanças mais adiante. O que se pode deduzir dos resultados das sondagens mais recentes? Primeiro é que Keiko Fujimori continua na frente das preferências cidadãs com algo superior a 30 por cento das opções.…

Venezuela
0

Venezuela: Uma derrota que fere a todos

Gustavo Espinoza M.* Os resultados eleitorais do processo venezuelano celebrado no domingo 6 de dezembro, constituem uma clara derrota do movimento popular. Além de consolos menores e considerações destinadas a atenuar os efeitos do fato, o real é que fazem parte dos grandes anseios do Império em acabar com a resistência dos povos de nosso continente aos seus planos de dominação. As razões dessa derrota e os fatores que contribuíram com ela podem ser de…

Argentina
0

Eleição de Macri gera dúvidas e expectativas

Stella Calloni* Dúvidas e expectativas surgiram em diversos setores políticos da Argentina pela trajetória ideológica e de gestão do presidente eleito, Maurício Macri, por suas estreitas relações com fundações da direita internacional e com a embaixada de Estado Unidos. Especialmente há preocupação com o futuro do país em sua relação com América Latina e pelos anúncios sobre política interna que poderiam terminar com o legado do Kircherismo, que ele prometeu respeitar mas que contradizem as…

Venezuela
0

A intervenção de EUA na eleição venezuelana

Niko Schvarz* Sucessivos governos de Estados Unidos sistematicamente realizam intervenções na vida política da Venezuela, particularmente a partir de finais do século passado, quando se produziu a ascensão ao governo de Hugo Chávez  e o PSUV. Sempre contra esse governo e a favor de forças opositoras. Assim ocorreu no golpe de Estado de 2002, como foi amplamente documentado. Agora essa intervenção se torna patente em véspera das eleições parlamentares do dia 5 de dezembro próximo.…

Venezuela
0

Eleições venezuelanas na nova América Latina

Niko Schvarz* As eleições parlamentares venezuelanas, marcadas para o domingo 6 de dezembro, concitam atenção generalizada no mundo inteiro, particularmente na América Latina. No Uruguai se desencadeou um debate no âmbito parlamentar com relação ao envio de uma missão observadora às eleições. Esse ponto ficou prejudicado no essencial devido a decisão adotada recentemente pela Unasul (organismo continental encabeçado pelo ex presidente colombiano Ernesto Samper) de enviar uma missão eleitoral para esse fim, como já ocorreu…

Grécia vota por mudanças e o fim da austeridade

Syriza se impôs nas eleições com 36,3% dos votos e 149 cadeiras – Nova Democracia consegue 27,8%, o que supõe 76 assentos – Os neo-nazistas do Amanhecer Dourado, com 6,2% dos votos é  terceira força. A esquerdista Syriza, liderada por Alexis Tsipras, surge com uma clara vitória nas eleições gerais celebradas no domingo, 25 de janeiro, na Grécia ao obter 36,37% dos votos. Syriza consegue com isso 149 assentos, faltando dois para a maioria absoluta.…

Uruguay
0

Uruguay: É necessário o segundo turno?

Jorge Luna* A previsível vitória eleitoral de Tabaré Vázquez, candidato presidencial do Frente Amplo, no governo, no segundo turno marcado para o próximo dia 30 no Uruguay, tem provocado questionamentos ao sistema eleitoral uruguaio. Muitos duvidam da necessidade do segundo turno, quando todas as pesquisas dão mais de 13 pontos porcentuais de vantagem ao ex presidente (2005-2010) sobre seu rival, Kuis Lacalle Pou, do Partido Nacional de oposição. O próprio Vázquez, em recente viagem pelo…

Peru
0

Perú de Gregorio Santos

Gustavo Espinoza M*  Talvez o grande vencedor das eleições regionais do passado 5 de outubro no Peru tenha sido Gregorio Santos, ainda encarcerado, que se candidatou à reeleição do Governo Regional de Cajamarca, no norte do país, uma zona cobiçada pela mineradora Yanacocha. O líder Cajamarquino, apareceu no cenário político em 2010, quando conseguiu aceder ao máximo posto na gestão administrativa local, após uma dura campanha. A resistência de seu povo à imposição do projeto…

Uruguay
0

As mulheres e as eleições uruguaias

Jorge Luna *  As mulheres uruguaias são maioria neste país de 3,5 milhões de habitantes, mas sua reduzida presença na tomada de decisões torna seu papel nas eleições do próximo dia 26 de outubro em uma incógnita. Desde 1961, todos os censos nacionais apresentaram uma leve, porém sustentada maioria de mulheres no país que, no entanto, têm pouca participação nas instâncias dos poderes executivo, legislativo e judiciário. Uruguai, entre os pioneiros em legislar medidas em…

Panamá
0

Panamá: Novo presidente e velhos problemas

Luis Manuel Arce*  Depois de longa, complicada e virulenta campanha eleitoral, Panamá tem novo presidente, Juan Carlos Varela, que derrotou o candidato do governo José Domingo Arias, o delfim do presidente Ricardo Martinelli. Foi um duro golpe para as empresas de pesquisa pois nenhuma sequer se aproximou dos resultados já que todas davam a Arias como ganhador e, em alguns casos, a Juan Carlos Navarro, aspirante pelo Partido Revolucionário Democrático (PRD). Porém, o mais golpeado,…

Costa Rica
0

Na Costa Rica novo presidente é esperança de mudança

Isabel Soto Mayedo* A confirmação de Luis Guillermo Solís como presidente da Costa Rica, para o período 2014-2018, alenta a perspectiva de oxigenar a governabilidade democrática e a participação cidadã na gestão pública. Desde sua eleição para presidente, em 6 de abril, o representante do Partido Acción Ciudadana (PAC) mostrou intenção de dirigir os destinos do país sobre a base da negociação e com isso semeio esperança de retorno da vida democrática, lacerada pelo liberacionismo.…

América Latina
0

América Latina tem sete eleições presidenciais em 2014

Daniella Cambaúva Além do Brasil, outros seis países latino-americanos realizarão eleições para a escolha de seus presidentes neste ano. Duas eleições já aconteceram: em El Salvador, em março, e na Costa Rica, em abril. Depois é a vez de Panamá, Colômbia, Bolívia e Uruguai. Em El Salvador, quem venceu foi após dois turnos – o primeiro em 02 de fevereiro, o segundo em 09 de março – foi Salvador Sánchez Ceren da FMLN (Frente Farabundo…

América Latina
0

América Latina: eleições ameaçadas

Os processos eleitorais do ano passado (2013) na América Latina transcorreram sob severas ameaças de todo tipo. Porém, o papel dos meios de comunicação de massa, integrados à rede mundial da desinformação e contra-insurgência foi fundamental. Recordar esse fatos ajuda a entender o que está a ocorrer nos países com processos eleitorais neste ano, como o Brasil por exemplo. Ocorreu a “guerra suja” na Venezuela (abril de 2013), com um final de violência da oposição…

Europa
0

Populistas fecham aliança para eleição européia e querem minar a própria UE

Muitos europeus observaram com espanto a recente paralisação de grande parte dos EUA. Mas a União Europeia poderá passar por situação semelhante se partidos eurocéticos continuarem a crescer na eleição européia para o Parlamento da UE. O que quase ninguém imaginava ser possível se tornou realidade. Um grupo dissidente de políticos reacionários, o movimento ultraconservador Tea Party, mergulhou os Estados Unidos numa crise devido a disputas orçamentárias. Foi somente com grande dificuldade que o presidente…

Austrália
0

Assange será candidato ao Senado australiano

O fundador do Wikileaks, Julian Assange lançou oficialmente nesta quinta-feira (25) o partido político pelo qual se candidatará ao Senado nas eleições legislativas da Austrália, previstas para setembro. Por meio de uma videoconferência transmitida da embaixada do Equador em Londres, onde está refugiado desde 19 de junho de 2012, o ciberativista participou de um encontro da organização política, realizado na biblioteca Fitzroy de Melbourne. Na reunião, Assange anunciou os nomes dos sete candidatos do partido,…

A Islândia volta ao passado

Ernesto Carmona* Com 38 dos 63 lugares (60%) do parlamento unicameral, a direita islandesa derrotou em 28 de abril o governo progressista que estava tirando o país do crash em que o submergiu em 2008 a direção dos mesmos neoconservadores que ganharam sábado e que governarão por 4 anos: o Partido da Independência (PI), 19 lugares e 26,7% dos votos (3 pontos mais do que nas eleições anteriores) e o Partido Progressista (PP), outros 19 lugares…

Dialogando
0

Paraguai: venceu o que comprou mais votos

Martin Almada* No bojo do triunfo da Associação Nacional Republicana (Partido Colorado), uma “sociedade anônima de delinquentes”, podemos afirmar que a sociedade política paraguaia é complacente com seus ladrões e verdugos e implacável com seus sonhadores Em 22 de dezembro de 1992, descobrimos três toneladas de documentos da política secreta de Alfredo Stroessner que levou a hoje encurralar aos genocidas da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai (Operação Condor). Resulta paradoxal que estes arquivos…

Paraguai: o tortuoso caminho eleitoral*

Paraguai caminha para eleições gerais a serem realizadas dia 21 de abril, que podem ser determinantes para o eventual regresso do país ao seio do Mercosul e Unasul, os dois grandes blocos integracionistas sul-americanos dos quais foi suspenso. Ha quase um ano de vigorar as sanções políticas, o processo eleitoral se aproxima da data chave em meio a posições intransigentes das autoridades no poder, encabeçadas por Federico Franco, empenhadas sem êxito em desconhecer o isolamento…

América Latina
0

Eleições Venezuelanas: uma encruzilhada para o Foro de São Paulo

<<Humberto Marquez*>> O Foro de São Paulo, que reúne a partidos de esquerda da América Latina e do Caribe, considera crucial para seu futuro e para poder “conter a direita” na região que o presidente provisório da Venezuela, Nicolás Maduro, seja ratificado no cargo nas eleições de 14 de abril. Maduro, novo líder do Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), e Henrique Capriles, candidato da colorida coalisão opositora Mesa de Unidad Democrática, disputarão nas urnas…

Espiritualidade
0

Habemus Papa: Francisco I

Héctor Alfonso Torres Rojas* A Eleição de Francisco I, Papa número 266, foi uma surpresa total e inesperada. “Ganhou” na quarta votação, na quarta-feira 13 de março de 2013. Quem é Jorge Mario Bergoglio? Atual cardeal-arcebispo de Buenos Aires, nasceu 17 de dezembro de 1936, de pai e mãe italianos. Filho de um ferroviário e de mãe de casa. Entrou no noviciado na Companhia de Jesus em 1958. Ordenado sacerdote aos 32 anos, estudioso,…

Dialogando
0

Eleições e Democracia

Paulo Cannabrava Filho* Atualmente e não tão recentemente tem havido eleições em várias partes do mundo e chama a atenção como os meios de comunicação tratam a cobertura desses eventos, seja no aspecto mídia-espetáculo, seja no aspecto conceitual, o que é muito mais importante. O que mais salta à vista é o diversionismo ideológico explícito no enfoque desses diferentes processos eleitorais. Palavras como democracia, ditadura, popular, populismo, liberdade, opressão, liberdade de imprensa, censura, perdem totalmente…

Dialogando
0

As lições da vitória de Obama

Boaventura Sousa Santos* A experiência americana mostra ser urgente reformar o sistema político e o financiamento das campanhas para impedir que o poder econômico roube o sonho democrático Talvez não passe muito tempo antes de o que ocorre nos EUA deixe de ter importância para o mundo. Na semana passada, dizia-se no Brasil que a Presidente Dilma Rousseff estaria mais preocupada com o que se passaria no XVIII Congresso do Partido Comunista Chinês do que…

Venezuela
0

Bairro 23 de Enero recebe Chávez com “arsenal de carinho para semear a Pátria”

Aos poucos vão chegando. Os sorrisos brotam e a emoção toma conta em um êxtase coletivo no populoso e revolucionário bairro de Caracas, no 23 de Enero. O sentimento de irmandade e de autoconfiança vai cativando, deixando impregnada cada flor ostentada como tributo ao comandante que semeou programas sociais, por aqui chamados “missões”. <<Leonardo Wexell Severo e Vanessa Silva, de Caracas-Venezuela, publicado originalmente no blog ComunicaSul>> Sorriso confiante, com brincos estampando a figura de Chávez, Yeisa…

Uruguay
0

Uruguai: Vitória das mudanças

No recente 25 de outubro, sob um belo domingo ensolarado, como que expressando os novos ventos que têm soprado na latinoamérica, se realizou o primeiro turno da eleição nacional uruguaia. Adão Villaverde* Em que pese alguns desgastes por ser situação, a gestão da Frente Ampla obteve dividendos concretos de retomada do crescimento e desenvolvimento da nação e de recuperação das funções públicas de Estado uruguaio, cuja desconstituição foi produzida pela coalizão conservadora e autoritária, produto…