independência

FEMINISMO Mulheres

As mulheres em seu discurso histórico e a independência

Como é possível conhecer a participação das mulheres no movimento de independência se suas pegadas foram apagadas, ficaram esquecidas, minimizadas? Sara Beatriz Guardia* Até inícios do século XX, as mulheres que aparecem no discurso histórico são excepcionais por sua beleza, virtudes e heroísmo. Todas as demais não existem em uma história fundada em personagens da elite, batalhas e tratados políticos; uma história que registra e interpreta os diferentes processos…

Mulheres latino americans América Latina

Mulher e independência na América Latina

Declaração de Lima – Mulher e independência na América Latina Afirmamos que na América Latina nossa rebelião e resistência à colonização teve início em 1492  No âmbito do Primeiro Congresso Internacional As Mulheres nos Processos de Independência da América Latina, convocado pelo Centro de Estudos A Mulher na História da América Latina, CEMHAL, com auspício da UNESCO e da Faculdade de Ciências da Comunicação, Turismo e Psicologia da Universidade de San…

Foi descoberto que a Polônia abrigou uma prisão secreta da CIA. Em Guantânamo, Cuba, os Estados Unidos mantêm outro centro ilegal de detenção. Protestos por ocasião dos dez anos dessa prisão, em janeiro de 2012. Crédito: Anistia Internacional/Christoph Koettl/CC By 2.0 Europa

Tortura importada atormenta a Polônia

Robert Stefanicki* O único sinal vital do “aeroporto internacional” de Szymany são os mosquitos que se lançam sobre o raro visitante. O portão está fechado com um cadeado e uma corrente enferrujada. A evidência indica que os últimos viajantes que passaram por aqui foram agentes da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos e seus prisioneiros. Isso foi em 2003. Pouco depois, este aeroporto, que fica 180 quilômetros ao…

moncada Cuba
0

Homenagem ao LX aniversário do ataque ao Quartel Moncada

Winston Orrillo, escritor e jornalista, ganhou o Prêmio O Poeta Jovem do Peru e o Prêmio Nacional de Cultura, Doutor em Letras por San Marcos e professor principal. Foi diretor na Escola de Comunicação e chefe do Departamento de Comunicação. Colaborador de Diálogos do Sul presta aqui homenagem aos heróis do ataque ao Quartel Moncada. Início da 2a independência  de Nossa América (paráfrase de um poema do autor, escrito há 40 anos) 60 anos do…

Camarões, encruzilhada de ambições coloniais

Roberto Correa Wilson* Camarões se destaca na história da África como a cruzamento de caminhos onde convergiram no século XIX as ambições das grandes potencias coloniais europeias que disputavam suas valiosas riquezas naturais, mas anteriormente, como importante centro para o comércio de escravos. Como uma herança desse passado, este país África Ocidental é dos poucos do continente que possui como idiomas oficiais o francês e o inglês, além de 24…

Police_extermination_policy_by_Latuff2 Dialogando

A direita é global

Se não nos deixam sonhar Não os deixaremos dormir (anônimo) Paulo Cannabrava Filho* As TIC, maravilhas e desafios deste novo século, paralelamente à volatilização do capital financeiro favoreceu a globalização da direita. Direita entendida como protagonista e/ou favorecida ou levada pela corrente. Ideológica ou alienada, oportunista ou utilizada, não importa, tem organização, direção e rumo, seja nos âmbitos locais, nacionais, regionais ou global. A alternativa a essa realidade poderia ser…

Relações Brasil Angola Beatriz Bissio
0

Bastidores na relação Angola e Brasil

Beatriz Bissio* O Embaixador Ovídio Melo, representante do Brasil em Angola no período de transição à independência, faz revelações de grande interesse histórico sobre a queda de braço ao interior do regime militar brasileiro em relação à política para África traçada pelo Itamaraty. Quando o Presidente Agostinho Neto, na manhã de 11 de novembro de 1975  fez o seu primeiro pronunciamento como Chefe de Estado desde a sacada do Palácio de…