mulheres

Especial
10

Atos políticos e manifestações por igualdade de gênero ganham força no Oriente Médio

Enquanto na Árabia Saudita as mulheres só recentemente foram autorizadas a dirigir automóveis, e, no Irã, uma revolução tolheu boa parte dos direitos femininos, no Líbano, elas podem, inclusive, usar biquíni na praia. O que essas realidades têm em comum?

América Latina
0

Argentina: Filhos das vítimas de feminicídio receberão indenização do Estado

Com a aprovação de 203 votos a favor e nenhum contra, a Câmera dos deputados da Argentina sancionou de maneira definitiva o projeto “Lei Brisa”, uma iniciativa que dará uma reparação econômica para os filhos das vítimas de femicídios ou de assassinato de algum dos progenitores pelas mãos do outro.

América Latina
1

A luta pelo direito ao aborto em El Salvador, onde prática é ilegal até em casos de estupro

O presidente salvadorenho, Salvador Sánchez Cerén, dirigente da Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FFML) está aberto para transformações na rígida lei do aborto de seu país. É o que diz Jeremy Barth, ativista da Anistia Internacional.

América Latina
0

“Não é possível voltar atrás na legalização do aborto, temos uma revolução na Argentina”

Nesta semana, toda a atenção esteve voltada para a Argentina onde, graças à mobilização de centenas de milhares de mulheres adultas e adolescentes, o Congresso aprovou o projeto de lei de interrupção voluntária da gravidez que é, simplificando, a legalização do aborto. Para a comunicadora popular argentina, que participou de toda a mobilização em defesa da aprovação da lei, Camila Parodi, trata-se, de fato, de uma revolução de massas, pois é é momento “de problematizar tudo o que é conhecido para criar o novo”.

Destaque 2
0

O imprescindível papel que a mulher árabe desempenha na imigração

Enquanto pesquisadora de temas árabes e imigratórios dentro da Federação das Entidades Americano-Árabes (Fearab América), esta era a primeira vez que eu me debruçava sobre o tema da mulher e o seu papel dentro do contexto imigratório árabe.

América Latina
0

Cena política cubana será dominada por mulheres negras pelos próximos cinco anos

O novos órgãos do Poder Popular de Cuba, nos âmbitos, municipais, estaduais e da Assembleia Nacional, além da eleição para o Conselho de Estado, confirmaram a presença majoritária das mulheres negras no domínio do poder político da ilha.

Destaque 2
0

Moema Viezzer: Partilhar o poder, o saber e o prazer, eis a chave para a equidade de gênero

O texto a seguir é parte do capítulo 10 do livro “Vocação de Semente”, em que Moema Viezzer, em depoimentos a Tereza Moreira conta suas memórias e sua trajetória pelo mundo como educadora popular feminista, ambiental, escritora e militante.

América Latina
9

Após eleições de março, Cuba é o 2º país do mundo com mais mulheres no Parlamento

Numa altura em que os grandes meios de comunicação do capitalismo fingem promover os direitos da mulher, a presença de mulheres no seio dos órgãos legislativos de numerosos países diminui. Enquanto isso, o Parlamento de Cuba, com 53,22% de mulheres, ocupa o segundo lugar mundial no que diz respeito à participação feminina.

Comunicação
0

“O que está por fazer é o que nos move”: os desafios das mulheres no mercado de trabalho

Estranhamente, temos o costume de pensar que mulheres que trabalham nas comunicações e nas artes sofrem menos do que aquelas que se arriscam nas ciências exatas e naturais. Hierarquizar o grau de preconceito que cada área enfrenta não é uma saída viável para combater este pensamento.

América Latina
0

“Se ele ficar sabendo, me mata”: quando o “outro” é o pior inimigo

Quantas vezes escutei essa frase, pronunciada de passagem! “Se ele ficar sabendo, me mata”. Casualmente, como se o uma ameaça desse calibre formasse parte da rotina cotidiana, milhões de mulheres no mundo vivem sob a sombra de uma ditadura conjugal considerada por muitas pessoas — homens e mulheres — como parte de uma realidade inevitável, avalizada pelo costume.

Brasil
0

Cortes de Temer comprometem vida das mulheres; verba caiu 63% desde gestão Dilma

Os cortes no Orçamento realizados desde 2015, mas muito aprofundados na gestão Michel Temer, atingiram em especial as mulheres. Em condição de maior vulnerabilidade que os homens, elas são as mais afetadas com a redução de verbas para políticas públicas em qualquer área

Destaque 2
0

Mulheres: Sólidas como o diamante

As mulheres de todas as latitudes têm sido butim de guerra, objeto de abuso sexual, trabalhista e jurídico, têm sido vassalas de um patriarcado imposto a força para dobrar seus intentos de independência. Como qualquer sistema ditatorial: só que muito mais sutil, muito mais solapado. Já basta de ensinar-lhe quais são as fronteiras de sua liberdade. Carolina Vázquez Araya*

Cinemateca Diálogos do Sul
0

Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade

O vídeo critica o modelo de publicidade brasileiro, a falta de democratização da comunicação e promove um debate a respeito dos direitos das mulheres e do papel da mídia na formação da subjetividade das pessoas. O vídeo alerta que o padrão veiculado, por exemplo na TV, não reflete a diversidade, pois as imagens são sempre de loiras altas, magras e heterossexuais, que em nada remetem à maioria dos brasileiros.

América Latina
0

Declaração do Fórum Feminista frente ao Livre Comércio e a Grande Assembleia Feminista

O Fórum Feminista frente ao Livre Comércio e a Grande Assembleia Feminista realizou-se no marco da Cúpula dos Povos “Fora OMC, construindo soberania” entre os dias 11, 12 e 13 de dezembro em Buenos Aires, Argentina, frente à realização da 11º Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio nesta cidade.

América Latina
0

2017 foi marcado pelo empoderamento das mulheres na América Latina

O ano de 2017 teve números alarmantes e foi outro ano de adesão feminina. Foi um ano em que América Latina levantou sua voz contra a violência machista com movimentos feministas que ecoaram por toda a região, criando laços com outros movimentos de mulheres ao redor do mundo. Por Andrea Arzaba, no Global Voices Esses movimentos se repetiram em todo o mundo e foram reconhecidos pelos principais meios de comunicação. O dicionário de inglês Merriam…

Destaque 1
0

10 Mulheres Revolucionárias

Frequentemente a história tende a passar por alto as contribuições das Mulheres Revolucionárias que sacrificaram seu tempo e seus esforços para trabalhar em prol de um mundo melhor. E há muitas mulheres que participaram nas revoluções na história e que desempenharam um papel crucial.

Mulheres
0

Feminicídios: Uma carga muito pesada

Para as mulheres, a condenação implícita no comentário do cardeal é uma carga muito pesada sobre seus ombros. É tão injusta como irresponsável, sobretudo quando esse prelado exerce sua missão em um dos países com os maiores índices de feminicídio do mundo. Um país, além disso, onde a maioria da população é profundamente crente e necessita um guia fortemente comprometido com os direitos humanos.

Mulheres
0

O mito da civilização

Nosso conceito de civilização, essa palavra tão ambígua como enganosa, é algo muito diferente de seu significado real, o qual aludia ao conjunto de ideias, crenças, artes e costumes característicos de um conjunto humano determinado. Na realidade, seu significado variou para a capacidade de enriquecimento de uns a partir da exploração de outros.

Mulheres
0

Mulheres: A canoa contra o rochedo, quem quebra?

Por um breve momento, as mulheres próximas do novo poder chegaram perto do amor livre, do divórcio, do aborto, da dissolução do casamento, da coletivização do cuidado das crianças, das cozinhas e lavanderias. Fernanda Pompeu*

Mulheres
0

Mesa da Paz de Mulheres

A resistência democrática frente à ofensiva autoritária e de desmonte do Estado de Direito: Análise sobre a violência contra a população indígena e rural. Resolução 1325 da ONU Conceito ampliado de Paz – Paz é a Cidadania das Mulheres Foi no dia 1o.de setembro que ocorreu este evento, em São Paulo, com palestra das mulheres indicadas ao Nobel da Paz 2005 e a participação de cerca de 50 lideranças do movimento feminista e social, da…

Brasil
1

Luiza Erundina, reserva moral

Luiza Erundina saiu da prefeitura rigorosamente com a mesma renda pessoal com que entrou. Honestidade raríssima entre seus pares. Sua inteireza moral funciona como receituário para o poder das mulheres em prol de uma sociedade mais igualitária.

Manchete
0

Clara Charf de todas as lutas

Lutar parece ser o verbo do coração de Clara Charf. Toda sua energia está na ação. Companheira de Carlos Marighella, guerrilheiro assassinado pela Ditadura Militar, viveu no exílio de 10 anos em Cuba Clara sempre contribuiu para as políticas, campanhas, programas que apoiam os direitos das mulheres e na atualidade, é presidenta da Associação Mulheres pela Paz.

Entrevistas
0

O macho branco europeu, com sua cultura, se autointitulou o modelo mundial, diz Sueli Carneiro

Entrevista com Sueli Carneiro, filosofa e ativista do movimento de mulheres negras. Fernanda Pompeu* Não é que a fila anda? Sueli Carneiro, filosofa e ativista do movimento de mulheres negras, foi uma das ganhadoras do Prêmio Itaú Cultural 30 Anos, neste 2017. Abaixo você pode ler uma entrevista dada por ela para mim em 2010. Foi originalmente publicada no livro Mulheres Fazendo Pazes, editado pela Associação Mulheres pela Paz. Apesar da passagem do tempo, as…

Mulheres
2

Tânia a Guerrilheira, a única mulher na guerrilha de Che

Em sua curta e intensa vida teve que adotar personalidades e nomes diferentes como Haydée, Tamara, Vittoria, Marta e Laura, mas a lutadora internacionalista que seguiu a rota do Che pela selva boliviana passou à história como Tânia a Guerrilheira. Carmen Esquivel* Nascida na Argentina, de pai alemão e mãe polonesa, esta jovem chegou à Bolívia em 1964 com o nome de  Laura Gutiérrez Bauer, para criar condições para abrir uma frente revolucionária. Veio como…

Mulheres
1

A educadora Bia Cannabrava

“Para mim, o grande desafio não é apenas denunciar as atrocidades das guerras. Paz não é só ausência de conflitos armados. Paz é construção. É também árduo caminho para encontrar soluções que derrotem os inimigos cotidianos. Esses inimigos são as violências econômicas, sociais, culturais e de gênero”.

Ásia
0

Dimpy, uma adolescente dalit no Nepal

Dimpy é uma adolescente nepalesa da casta dalit, a mais baixa na estrutura hindu, e embora o governo tenha outorgado a ela uma bolsa de estudos, o rechaço de seus companheiros fez com que abandonasse a escola. Yanet Medina Navarro* A comunidade dalit ou intocável, além de ser minoritária, possui escassa influência política e vive em extrema pobreza, e por isso a maioria das meninas não vai à escola. Mesmo que a instituição lhes forneça…

Peru
0

Evangelina Chamorro Díaz: A mulher de barro

Não. No Peru não se trata de Maria, a boia-fria de Coquimbo apresentada no filme chileno de Sergio Castro San Martín, sob um sugestivo título “A mulher de barro”. Trata-se de Evangelina  Chamorro Díaz, peruana de 32 anos e mãe de duas crianças de 5 e 10 anos que –arrastada por um inclemente desmoronamento na periferia de Lima no dia 16 de março– conseguiu sobreviver graças à sua integridade e sua vontade firme. Gustavo Espinoza M.*…

Mulheres
0

Poderosas Mulheres

“Escuta, formosa filha do amor, as instruções da prudência, e permite que os preceitos da verdade penetrem profundamente em teu coração, assim os encantos de tua mente darão brilho à elegância de suas formas, e tua beleza, como a rosa a qual se assemelha, conservará sua doçura mesmo depois de murchada”. Olavo Câmara* Portanto, você mulher, mãe e amiga receba as nossas mais profundas homenagens. Mas saiba que a reverenciamos hoje e sempre e estaremos…

Mulheres
0

As migrantes em trânsito

Saem de suas casas: em municípios, aldeias, casarios, arrabaldes… sem rumo fixo, como folhas secas arrastadas pelo vento, mortas em vida, caluniadas, golpeadas, abusadas, rechaçadas e estigmatizadas. Ilka Oliva Corado* Pouco se sabe delas: são invisibilizadas, o Estado as marginaliza, a sociedade as exclui, o classismo, o racismo e os resquícios do patriarcado. Seu país as obrigam ao abandono e à migração. Elas vão pelas vias férreas, em furgões, em vagões, entre montanhas e selvas,…

Mulheres
0

Violência de gênero: mal difícil de curar no Uruguai

O assassinato de cinco mulheres uruguaias no transcurso de 2017 e a hospitalização de outra por seu estado crítico, evidenciou que sempre é pouco o que se pode fazer para evitar os violentos fatos. Juan Carlos Díaz Guerrero* Essas mortes prematuras, por se tratar de mulheres jovens em sua imensa maioria, abriram novamente o debate sobre a violência baseada no gênero e puseram em alerta a sociedade em seu conjunto, de onde se levantaram diferentes…

Agenda
0

A luta das mulheres rurais que falam português

O papel das mulheres rurais nos países de língua portuguesa é crescentemente reconhecido por instituições e agências regionais e globais: em alguns países da CPLP, são as mulheres que exercem a maioria do trabalho agrícola e contribuem para a segurança alimentar e nutricional.

Mulheres
0

A Contribuição da Mulher na Construção do Socialismo

“Dando continuidade às homenagens ao Dia Internacional da Mulher, apresentamos agora um breve artigo de Lenin, de 1919, no qual ele apresenta resumidamente as iniciativas tomadas na União Soviética após a revolução, medidas práticas focadas em retirar a mulher da escravidão doméstica e deixá-la livre para se inserir no processo revolucionário. V. L. Lenin. É importante destacar a vinculação que Lenin estabelece da construção do comunismo com a emancipação da mulher: “A verdadeira emancipação da…

Mulheres
1

A feminística de mulheres e homens pela Paz

A expressão “feminística” foi concebida em 8 de março de 2006, no Dia Internacional da Mulher. Foi numa mesa-redonda em torno de “Questão de Gênero”, durante o I Fórum da Cidade de São Paulo – Objetivos do Milênio (ODM), realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pela Câmara Municipal da capital. A inspiração veio de uma questão que me incomoda: a cobrança diuturna para rotular as pessoas. Todos querem rótulo em…

Mulheres
0

Mulheres organizam greve geral mundial

Neste 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional de Luta das Mulheres Trabalhadoras, mulheres do mundo inteiro irão parar as suas atividades e sair às ruas em defesa dos seus direitos, aderindo à Greve Internacional de Mulheres. O chamado foi feito após a grande marcha de mulheres no dia seguinte à posse do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, realizada no dia 20 de janeiro deste ano. Feministas históricas como Angela Davis…

Mulheres
0

Nenhuma trabalhadora menos

Nós da CTA (Central de Trabalhadores de Argentina) dos trabalhadores e trabalhadoras aderimos à greve internacional das Mulheres. Está claro que não estamos diante de uma medida de força sindical tradicional, nem por suas formas nem pelo caráter das reivindicações, que não só exigem do estado e empresas, mas também interpelam o conjunto da sociedade. Por isso defendemos o apoio à convocatória enquanto medida política de ação, um chamado à greve feito pela cidadania, mas…

Entrevistas
0

É tempo das mulheres no setor rural

Uma caribenha, Josefina Stubbs, pode se converter na primeira mulher a presidir o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), cuja missão é erradicar a pobreza rural. O Fida é um órgão da Organização das Nações Unidas (ONU), criado em 1977 como instituição voltada ao investimento para beneficiar camponeses e camponesas pobres, que representam três quartos da pobreza e da subnutrição humana no mundo. Mario Osava e Baher Kamal* tem 35 anos de experiência em desenvolvimento…

Mulheres
0

Lucinha e As caras da violência

Maria Lúcia da Silva, a Lucinha, não transita pelos movimentos feminista e negro em brancas nuvens. Muito ao contrário. Ela é o tipo de pessoa que faz e reflete. Reflete e faz. Psicoterapeuta, especialista em mediação e trabalhos em grupos, com recortes de raça e gênero. É uma das fundadoras do Instituto AMMA – Psique e Negritude, ONG que trabalha o racismo sob a lupa psicossocial. A ênfase deste trabalho são os efeitos psicossociais do…

Mulheres
0

ONU aposta nas mulheres para erradicar a fome no planeta

A Organização das Nações Unidas (ONU) tem entre suas metas de Desenvolvimento Sustentável para 2030 a mulher camponesa como ente fundamental para contribuir a erradicar a fome de que padecem 795 milhões de pessoas de todo o mundo. Falta apenas 13 anos para a meta é em primeiro lugar e o mais importante para que tenham plena capacidade de travar essa batalha é liberá-las dos obstáculos que freiam seu desenvolvimento como ser social, e inclusive…

Argentina
0

Violência contra mulheres golpe duro na Argentina

Argentina atravessou este ano de 2016 por uma das etapas de maior violência contra as mulheres, com cifras realmente preocupantes: mais de 235 vítimas mortais, sem contar as denúncias por maltrato e agressões. Maylín Vidal* O fenômeno dos feminicídios y de todo tipo de violência contra as mulheres é uma realidade que impera hoje na região e neste país a situação é alarmante. Apesar das marchas, mobilizações e leis, longe de deter-se, este flagelo aumentou.…

Mulheres
0

Mulheres: Cada coisa com seu nome

Um dos maiores obstáculos para o combate da violência contra meninas, adolescentes e mulheres adultas é um vazio conceitual cuja dimensão supera em muito qualquer esforço por desenvolver uma sociedade igualitária. A contraofensiva ante as denúncias de violência de gênero se apoiam em argumentos como “os homens também sofrem violência”, equivalente a comparar duas realidades opostas, uma das quais se sustenta em um poder da masculinidade estabelecido através dos tempos e perpetuado quase intacto nas…

Guatemala
0

Feminicídio, de um planeta longínquo

É urgente iniciar ações drásticas para deter o feminicídio e o tráfico de pessoas. Carolina Vásquez Araya* Algo muito ruim acontece quando se perde de vista o império da justiça, transformando os direitos humanos em um conceito relativo e perdendo seu caráter absoluto. Então se aplicam normas feitas na medida de interesses e percepções arbitrárias. O ser humano parece não ter aprendido a lição: a imposição violenta das crenças de uma pessoa sobre os demais…

Mulheres
0

O feminismo ganha cada vez mais apoio dentro da ONU

Alcançar a igualdade de gênero tem sido uma das maiores prioridades da Organização das Nações Unidas (ONU), mas a palavra feminismo só recentemente foi incluída nos discursos oficiais na sede do fórum mundial em Nova York. Lyndal Rowlands* A croata Vesna Pusic, uma das 12 candidatas para assumir a Secretaria Geral da ONU explicou, em um debate televisivo no dia 12 deste mês, por que sua orientação feminista fazia com que fosse apta para o…

Mulheres
0

Escute, sou vítima do tráfico de pessoas

Quando vivia na Guatemala ouvi uma mãe de família dizer, referindo-se a uma jovenzinha que trabalha em um bar (na Guatemala são chamados de bares os centros noturnos parecidos com cantinas onde também se oferece serviço sexual, também chamados de prostíbulos) como garçonete e tinha três filhos de diferentes pais, era mãe solteira: “Essa está aí porque é uma puta e gosta de um pau”. Ilka Oliva Corado*  As mulheres que participavam da conversa, todas…

Mulheres
0

Tráfico de Mulheres

Foi lançada em um encontro em São Paulo, no dia 20 de julho, pela Associação Mulheres pela Paz, a publicação da pesquisa “Percepção da Sociedade sobre o Tráfico de Mulheres”, projeto apoiado pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Justiça, por meio de uma Emenda Parlamentar de Luiza Erundina de Sousa, Deputada Federal pelo Estado de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa de opinião pública nacional, por amostragem, com execução do…

Guatemala
0

Guatemala: Onze anos é nada

Não estamos entendendo. Gravidez de meninas é produto de violação. Carolina Vázquez Araya* Não há dúvida que minha coluna já parece um disco rachado, mas se não menciono neste espaço a Mariela Vásquez Díaz, sua existência vai passar em branco porque uma menina grávida não é notícia nem quando morre. Mariela era uma adolescente de 15 anos. “Não chorem por mim, decidi porque estava grávida”, reza a resumida nota com que explica sua decisão de…

Caderno C
0

Feliz dia, mãe…

Feliz dia, vão te dizer solenemente como se tiveste realizado uma proeza, porém não. Deste à luz um filho sem que o quiseste, quase sem saber, um filho que ao chegar, nos teus 12 anos apenas, marcou o início de uma etapa sem perspectivas. O pequeno produto de um ato de baixeza infinita que acabou com tua infância e a converteu em uma maturidade indesejada. Pior ainda, te condenou a mais injusta cadeia de privações.…

Mulheres
1

Feminismo comunitário: Uma resposta ao individualismo

As mulheres são a metade de cada povo. Parece uma obviedade demográfica, mas a frase inicial de Julieta Paredes, boliviana aimará precursora do feminismo comunitário, não é gratuita. Uma premissa desta corrente é que ambos os elementos, tanto as mulheres como a comunidade, podem estar –e estão– em todas as partes, de espaços rurais até cidades, escolas, grupos ideológicos e de amizade, e que em todos esses espaços pode-se lutar pelos direitos das mulheres. Rocío…

América Latina
2

Duas mulheres disputam as eleições no Peru

Paulo Cannabrava Filho* Duas mulheres decidem as eleições e o destino do Peru. Uma poderá levá-lo literalmente ao inferno; outra poderá abrir caminhos de construção. As eleições do dia 10 de abril estão sendo disputadas por muitos candidatos de vários partidos, mas somente duas mulheres têm chance de ir para o segundo turno: Verónika Mendoza e Keyko Fujimori, uma antípoda da outra. Verónika Mendoza representa hoje para os peruanos a esperança. Cusquenha, tem o quéchua…

Mulheres
0

Feminicídios ou genocídio contra mulheres na América Central

Isabel Soto Mayedo* A América Central é uma das regiões do mundo onde ocorrem mais assassinatos de mulheres, em geral associados à lógica patriarcal predominante, mas também à ação crescente do crime organizado. Embora as classificações destas mortes violentas variem, aqueles que acompanham o assunto concordam que este setor social é um dos mais vulneráveis em meio à violência e à desigualdade reinantes na zona; chegam a falar de genocídio contra elas. Só em Honduras,…

A insólita prova de virgindade feminina na Indonésia

Yudith Díaz Gazán* Qualquer mulher jovem que pretenda entrar para as Forças Armadas na Indonésia deve se submeter primeiro a uma insólita prova de virgindade. Até há pouco tempo, o exame também era obrigatório para as que desejassem contrair matrimônio com um militar. Ativistas de direitos humanos, políticos e profissionais pedem ao governo da Indonésia que anule esse protocolo que é considerado pouco científico, opinião que é compartilhada pela Organização Mundial da Saúde. A jornalista…

África
0

ONU se compromete a erradicar mutilação genital feminina até 2030

* Waldo Mendiluza Ao menos 200 milhões de mulheres e meninas no planeta vivem com alguma forma de mutilação genital, um fenômeno que as Nações Unidas consideram uma violação de seus direitos humanos e pretende erradicar até 2030. Segundo a organização, se a atual tendência continuar, até 2030, 15 milhões de adolescentes, com idades entre 15 e 19 anos, sofrerão estes procedimentos, definidos como qualquer alteração ou lesão dos genitais femininos por razões diferentes às…

Mulheres
0

O aborto, como o cisco no olho

Carolina Vásquez Araya* Um cisco no olho não seria mais incômodo para os governos da região do que a proposta da ONU de permitir o direito ao aborto e o acesso a métodos anticoncepcionais às mulheres que vivem em países onde atualmente existe uma forte incidência de casos de zika, como é o caso da América Latina. A predominância da doutrina católica nos países latino-americanos, cuja influência se faz sentir até nos textos constitucionais —…

Honduras
0

Indignação pelo assassinato de Berta Cáceres

Comunicado Berta Cáceres, líder indígena, representante durante mais de vinte anos do Conselho Cívico de Organizações Populares e indígenas de Honduras (Copinh), foi assassinada, na madrugada de quinta-feira 3 de março, enquanto dormia em sua casa em La Esperanza, Intibucá, a uns 188 km de Tegucigalpa, por mãos de homens armados “desconhecidos”. Além de ter sido uma férrea defensora dos direitos do movimento camponês e indígena hondurenho, Berta Cáceres, se destacou  como lutadora social tanto…

Mulheres
0

O senhor e a bela menina

Carolina Vázquez Araya* Não é necessário um cenário de guerra para observar as múltiplas ameaças que cercam, como se fosse algo natural, a vida de meninas, adolescentes e mulheres impedindo-as desenvolver-se plenamente para gostar da vida em liberdade e com todas as garantias próprias de um sistema de legalidade. Este tema é a denúncia constante de ativistas de direitos humanos, acadêmicos e estudiosos do fenômeno social em países em desenvolvimento e de quem quiser parar…

Vietnã
0

A sub-rogação gestacional, uma realidade no Vietnã

Teresita Vives Romero* O nascimento no Vietnã do primeiro bebê concebido por sub-rogação gestacional transforma em realidade os propósitos para os quais foi atualizada uma legislação no país: dar mais esperanças às pessoas incapazes de dar à luz. Trata-se da Lei de Casamento e Família (emendada) com fins humanitários e vigente desde 1º de janeiro de 2015, que trouxe felicidade a um casal cujo desejado filho lhes foi entregue pelas mãos do vice-ministro da Saúde,…

Brasil
0

Mulheres: A virada começou

Existe uma máxima de que só conseguimos sair do poço quando conseguimos pisar o fundo dele. Hoje sentimos que o fundo do poço foi pisado para dar o impulso da mudança. São pés de mulheres, milhares de Simone de Beauvoir, de Mães de Maio, de Marias da Penha, de Zuzus Angel, de escravas Anastácias, de milhares de anônimas que fazem da unidade da luta seu fio condutor. O PL 5069/2013 de autoria do deputado Eduardo…

Guatemala
0

Guatemala: Espaços tomados

Carolina Vásquez Araya* A série interminável de assassinatos de mulheres —que nos agride diariamente pela imprensa e pelas reportagens policiais— é uma das grandes pendências para as autoridades que assumem o poder na Guatemala em janeiro do ano que vem. Esta realidade soma-se ao tráfico de pessoas e à violência contra crianças e adolescentes, em um sólido pacote de delitos aparentemente amparados pelos próprios órgãos de investigação e justiça que deveriam combatê-los. A altíssima taxa…

Sem categoria
0

‘Exigir exame de delito é violentar a mulher duas vezes’

A possibilidade de que o exame de corpo de delito passe a ser exigido para as vítimas de estupro, como consta no projeto 5069/2013 de autoria do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é considerada pela deputada Maria do Rosário (PT-RS) uma maneira de ‘violentar a mulher duas vezes’. “Salvamos a vida de milhares de mulheres quando elas entram no serviço de saúde e, antes de cuidarem da parte criminal, são atendidas. Não há motivo para torcida nem risos.…

Sem categoria
0

A migração é mulher

Jorge Mansilla Torres* Contra toda lógica, são as mulheres que se atrevem a romper rotinas e mudar destinos. Dizem as estatísticas que as mulheres são maioria nas migrações de todos os tempos. Quem assume a necessidade de ir embora ao não encontrar em seu país condições de realizações plenas para si e os seus é consciente dos riscos que há de enfrentar em âmbitos alheios e longínquos. Assim, a migração não é fuga, mas busca;…

Mulheres
0

Dossiê Violência contra as Mulheres

A internet é hoje uma fonte essencial de conteúdos para suporte editorial nas redações e nas mídias sociais. O Dossiê Violência contra as Mulheres visa contribuir para a ampliação e o aprofundamento do debate sobre o tema nos meios de comunicação tradicionais e nas mídias sociais por meio da compilação, sistematização e disponibilização de dados oficiais e pesquisas de percepção, além de informações relevantes e análises de especialistas sobre a realidade do problema no Brasil. Ao acessar…

Direitos Humanos
0

A circuncisão e ablação, tradições que matam

Antonio Paneque Brizuela* As práticas de circuncisão e ablação, originárias de culturas milenares e aplicadas ainda em comunidades africanas, asiáticas, árabes e em particular islâmicas, põem em perigo mortal a vastos setores da infância no planeta. Ambas fundadas na mutilação de órgãos genitais, o número de mortos e as graves sequelas por sua aplicação causam a morte de milhares de adolescentes nos países subdesenvolvidos, em muitos casos sob alegações higiênicas ou científicas. A circuncisão em…

Sem categoria
0

Escrever e falar como aldeã

Ilka Oliva Corado* Acontece que quando escrevo ou quando falo me dizem que o faço como aldeã e não como profissional (as pessoas têm um conceito equivocado do que é profissionalismo que nada tem a ver com títulos universitários). Quando falo, dizem que o faço como alguém do interior e exigem que fale como cidadã letrada da capital. Passo. Eu sou vendedora de mercado e minha essência é irrefutável. Falo de forma forte, direta, clara…

Mulheres
0

Mulher e política na América espanhola – anseios e realidades

Néstor Marín* Ainda que as revindicações pelo voto feminino sejam coisa do passado na América espanhola, a participação da mulher na política continua sendo uma matéria pendente em muitos países da região. Essa conclusão aflorou no VI Encontro de Juízas Eleitorais recém realizado no Equador, com a participação de delegações de 11 nações ibero americanas. A discriminação é uma das piores formas de violência, afirmou a Secretária da Câmara Nacional Eleitoral da Argentina, Alejandra Lázzaro,…

Ilka Oliva Corado
0

Quando as putas são nossas

Ilka Oliva Corado* Eu me lembro claramente de um meio dia quando voltava para casa depois da escola quando estava no primário, e que me agarrei aos socos com uns moleques e cheguei em casa toda estropiada e com a barra do uniforme desfiada. Minha pobre mãe que me considerava a filha indomável me perguntou desanimada: e agora, com quem você brigou? Com uns moleques do colégio que me chamaram de filha da puta e…

Rosario, uma tragédia real

Rosário* Foi golpeada, seu rosto sangra, não consegue distinguir com clareza: quantos já a violaram? Batem e abusam dela os narcotraficantes que custodiam a casa-armazém. Pedem um resgate de vinte mil dólares a sua tia que vive em Nova York. Rosário é hondurenha, tem treze anos, é a mais velha de cinco irmãos. Foi embora de sua natal Comayagua porque o cartel Salvatrucha queria recrutá-la para os envios de pacotes de droga e se não…

As meninas mães do Paraguai

Javier Rodríguez* Nos últimos anos continuaram multiplicando-se as pesquisas, as análises e as preocupações no Paraguai com relação ao crescente número de meninas e adolescentes que engravidam em situações irregulares, transformando-se em mães em idade excessivamente precoce. Estudos de organizações internacionais, de entidades não governamentais, defensores de direitos humanos de crianças e jovens deram o alarme diante de uma situação admitida pelo Governo e evidentemente fora de controle. As últimas estatísticas mostram, às vezes até…

Manchete
0

Democracia e participação política das mulheres na América Latina

Sara Beatriz Guardia* Introdução Apesar da proclamação de conquistas e um papel aparentemente mais notório, a representação política das mulheres na América Latina se manteve praticamente estagnada nos últimos anos. A questão feminina, longe de estar superada, continua em um nível de permanente confronto. Existem grandes diferenças no acesso à educação, uma prática não igualitária na divisão social do trabalho e dos postos de direção; também nas funções e tarefas no interior da família, no…

Mulheres peruanas: O outro lado da história

Edda O. Samudio A.*  A quinta e lúcida edição da obra Mujeres peruanas. El otro lado de la historia de Sara Beatriz Guardia (Quinta Edição,  Lima, CEMHAL, 2013) se enquadra nessa nova forma de trabalhar a história, a considerada nova história, que emerge na escola Los Annales, com um de seus mais destacados representantes: Fernando Braudel, nascidos nos albores do século passado. Este historiador francês, o mais credenciado nos cenários acadêmicos do século XX, distancia-se dessa história…

Mulheres
0

Stella Calloni, cronista de nosso tempo

Foi apresentado na Feira do Livro de La Habana, en La Cabaña, biografia da jornalista argentina com prólogo do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro. Alain Valdés Sierra* Para muitos Stella Calloni parece um desses seres raros pelos caminhos que decidiu traçar em sua vida. Campeã da verdade, em mais de uma ocasião colocou sua vida em perigo, mesmo quando sabía que da vida dela dependia a vida de outros. Porém, inclusive nessas circunstancias, decidiu…

Mulheres
0

2030 e o momento da igualdade de gênero

Waldo Mendiluza* Discriminação, violência e falta de espaços de participação política, econômica e social das mulheres constituem a herança de séculos de sociedades patriarcais, um cenário que as Nações Unidas chamam para mudar antes de 2030. A ambiciosa meta de igualdade de gênero e empoderamento das mulheres foi fixada pelos delegados da maioria dos 193 estados membros da ONU, na 59º Sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, celebrado entre 9 e 20 de…

Mulheres
0

Igualdade, tarefa pendente

Betty Hernández Quintana* Apesar de todas as iniciativas desenvolvidas pela comunidade internacional em defesa da igualdade de gênero, a realidade atual demonstra a disparidade entre homens e mulheres em cada esfera da vida. A diferença salarial entre os sexos e a rara presença de mulheres em posições de poder no âmbito político e financeiro são algumas das arestas deste fenômeno, que transcende a esfera doméstica e penetra na trama social de cada país. Outros problemas…

Guatemala
0

Eu vivi a discriminação racial

Ilka Oliva Corado* Com minha voz de afrodescendente. Tenho vivido diferentes formas de discriminação e a mais feroz tem sido a racial devido a cor de minha pele, pois sou afrodescendente. O estigma de ter uma cor de pele escura, cabelo crespo e músculos fortes. Para a sociedade a cor escura é prova de sujeira e impureza, paradoxalmente signo de quentura sexual. E não é que dizem que o homem negro tem o membro avantajado…

Mulheres
0

8 de Março: conquistas e controvérsias

Eva Alterman Blay* O Dia Internacional da Mulher foi proposto por Clara Zetkin em 1910 no II Congresso Internacional de Mulheres Socialistas. Nos anos posteriores a 1970 este Dia passou a ser associado erroneamente a um incêndio que ocorreu em Nova Iorque em 1911. Neste artigo procuro recuperar a história do Dia 8 de Março e as distorções que tem sido feitas sobre ele e sobre a luta feminista. O dia 8 de março é…

Costa Rica
0

Legado de uma costarricense, Ángela Acuña

Isabel Soto Mayedo* Desterrar o fanatismo e a intolerância na luta por reivindicar os direitos da mulher é talvez um dos legados mais valiosos e vigente da jornalista e jurista costarricense Ángela Acuña. O homem, durante séculos privilegiado por sociedades essencialmente machistas e adultocêntricas na América Latina, jamais deveria ser considerado inimigo no empenho por alcançar o reconhecimento da comunidade, é o que se infere de seus pronunciamentos. “Não deve cegar-nos o fanatismo, nem deter-nos…

Mulheres
0

Mais Mulheres Na Política

#SemanaDaMulher2015 Conheça o livreto ‘Mais mulheres na política’, publicado pelo Senado Federal. O documento visa contribuir para que sejam disseminadas informações sobre a participação da mulher na política, especialmente nos parlamentos. Acesse: Mais Mulheres Na Política

Mulheres
0

Mutilação genital feminina, uma prática que deve acabar

Waldo Mendiluza* Em um cenário global marcado pelas iniquidades e a violência de gênero, 130 milhões de mulheres enfrentam um problema adicional, a mutilação genital feminina. Essa prática é qualificada mundialmente como uma forma de discriminação extrema; as Nações Unidas calculam que outros 86 milhões de mulheres e meninas passarão por ela até 2030, principalmente em 29 países da África e do Oriente Médio, embora também ocorra na América do Norte, Europa Ocidental, América Latina…

Mulheres
0

REPEM: Novos desafios para as mulheres latino-americanas

Em véspera da celebração da sétima Assembleia da REPEM-LAC \Rede de Educação Popular entre Mulheres da América Latina e do Caribe, a RED VA conversou com Patricia Jaramillo. A Coordenadora Regional falou sobre as tarefas que vêm sendo adiantadas para a assembleia e suas expectativas. REDVA:  Como  vão os preparativos e a logística para a Assembleia? Patricia Jaramillo: Estamos justamente a menos de um mês da celebração da sétima Assembleia Geral Ordinária da REPEM-LAC. Depois de…

Direitos Humanos
0

Maternidade e economia, por que separar

Cira Rodríguez César* Como acontece com quase todos os atuais problemas enfrentados atualmente pela humanidade, alguns encontram plena compreensão de autoridades políticas, econômicas e sociais, mas outros não, como é o caso da maternidade das mulheres trabalhadoras. Não são poucos aqueles que têm a percepção de que a maternidade é cara para as empresas, ideia reforçada pela convicção cultural de que os “trabalhadores ideais” estão disponíveis 24 horas, sete dias por semana, e que a…

Manchete
0

Marcha da hipocrisia

Paulo Cannabrava Filho* França vai à guerra? Depois da marcha da hipocrisia, protagonizada por mais de cinquenta chefes de estado, François Hollande decidiu enviar uma poderosa frota em direção ao oriente do Mediterrâneo. Ao mesmo tempo informou que foram mobilizados em toda a França 100 mil homens. Dez mil tropas especiais já estavam ocupando Paris. O que é isso? França vai à guerra? Ou será que a França está em guerra. Contra quem, cara pálida? Vai…

Guatemala
0

Rigoberta Menchú Tum

Rigoberta Menchú Tum (Uspantán, El Quiché, 9 de janeiro de 1959). Indígena guatemalteca do grupo Quiché-Maia. Foi agraciada com o Nobel da Paz de 1992, pela sua campanha pelos direitos humanos, especialmente a favor dos povos indígenas, sendo Embaixadora da Boa-Vontade da UNESCO e vencedora do Prêmio Príncipe das Astúrias de Cooperação Internacional.1 Filha de Vicente Menchú Pérez e de Juana Tum Kótoja, duas personalidades bastante respeitadas em sua comunidade natal. Seu pai foi um…

Mulheres
0

Mulheres avançam no mercado de trabalho, porém…

Cira Rodríguez César*  A presença das mulheres no mercado de trabalho aumenta consideravelmente, bem como seus direitos trabalhistas, mas milhões ainda enfrentam obstáculos para aceder à igualdade de oportunidades. O diretor general da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, afirmou recentemente que ainda persistem disparidades resistentes em matéria de igualdade entre os sexos nos espaços de trabalho. Ante essa situação geral no nível mundial considerou necessário avaliar a eficácia das políticas existentes, a fim…

Chicotadas
0

Mulheres bradam: Fora Bolsonaro

Noilton Nunes* Meninas e meninos confesso que vi na Cinelândia as MULHERES TOMANDO O PODER. Foram 3 horas dos mais fortes, belos e contundentes discursos, cantos, danças e rituais sagrados em prol da felicidade de um povo. O que gerou o encontro de centenas de mulheres vindas de diversas regiões do Rio de Janeiro foi a indignação contra a violência explicita de um nazi deputado que no Congresso Nacional em Brasília ofendeu uma Nação inteira,…

Guatemala

A tripla discriminação da mulher na Guatemala

Randy Saborit Mora * Para a coordenadora geral da Aliança de Mulheres Rurais, Raquel Vásquez, as guatemaltecas sofrem uma triple discriminação nas comunidades, organizações e por parte do Estado, instância que, a seu ver, as invisibiliza. Em entrevista exclusiva para Prensa Latina, afirmou que essa situação é muito difícil y demonstrou que o trabalho delas no campo não é reconhecido. Ante esse dilema, precisa, as mulheres nos propomos desafios muito grandes como avançar na eliminação…

Brasil
0

Feministas históricas recebem Prêmio Rose Marie Muraro

Seis mulheres que dedicaram meio século de suas vidas à luta para garantir direitos no Brasil foram distinguidas, nesta terça-feira (16/12), pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) com o Prêmio Rose Marie Muraro: Mulheres Feministas Históricas. Emocionadas, elas relembraram fatos da convivência com a feminista, escritora e intelectual libertária Rose Muraro, falecida em 21 de junho de 2014 e homenageada pela SPM. Clara Charf, Herilda Balduino de Sousa, Lenira Maria…

Bolívia
0

Diante do velho problema da violência de gênero

Yolaidy Martinez* Uma sucessão de fatos fatais disparou o alarme na Bolívia para a violência de gênero, um flagelo que durante décadas dilacerou milhares de lares e ainda carece de solução apesar dos esforços governamentais. Se bem que a nação sul-americana é reconhecida pelos avanços conquistados nos últimos anos no que se refere a igualdade entre ambos os sexos no político, econômico e social, as atitudes machistas ainda obscurecem todo intento de fortalecer e respeitar…

Brasil
0

Feministas manifestam expectativas com reeleição de Dilma Rousseff

Quando às 20h30 do domingo (26) foi anunciada oficialmente a conquista de um segundo mandato pela presidenta Dilma Rousseff, ficou evidente que o próximo quadriênio trará desafios de grandes proporções. Ao mesmo tempo, também restou pacificado que 2014 foi o ano de um processo eleitoral histórico. A disputa presidencial, que contou pela primeira vez com três mulheres no 1º turno (que juntas receberam mais de 64% dos votos), foi também a mais acirrada da era…

Mulheres
0

Não há missão impossível para uma mulher

Odalys Buscarón Ochoa*  Única mulher russa em uma expedição internacional depois de quase 20 anos, Elena Seróva provou a capacidade feminina para cumprir missões complicadas em ausência da força da gravidade. Quase uma década na brigada de cosmonautas e dois de treinamento como engenheira de voo da futura tripulação 41/42 à Estação Espacial Internacional (EEI) não passaram em vão. Seróva, de 38 anos, oriunda do Extremo Oriente Russo, passou a formar parte da história da…

Uruguay
0

As mulheres e as eleições uruguaias

Jorge Luna *  As mulheres uruguaias são maioria neste país de 3,5 milhões de habitantes, mas sua reduzida presença na tomada de decisões torna seu papel nas eleições do próximo dia 26 de outubro em uma incógnita. Desde 1961, todos os censos nacionais apresentaram uma leve, porém sustentada maioria de mulheres no país que, no entanto, têm pouca participação nas instâncias dos poderes executivo, legislativo e judiciário. Uruguai, entre os pioneiros em legislar medidas em…

Brasil
0

Petição reúne assinaturas pela descriminalização do aborto

Ativistas pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos das Mulheres lançaram sexta-feira (26/09) na comunidade Avaaz a petição “Membros do Congresso Nacional; STF; Ministro da Saúde; Ministro da Justiça: Encaminhem e aprovem legislação de descriminalização do aborto”.  A petição ficará no ar até 31 de outubro e já conta com mais de 2,5 mil assinaturas. O texto do abaixo assinado chama atenção para as mortes de Jandira Magdalena dos Santos Cruz, 27 anos, e Elizângela Barbosa, 32, em decorrência…

Cuba
0

Papel primordial das mulheres cubanas

Nuriem de Armas* As mulheres têm um papel primordial na vida econômica e política da sociedade cubana, como resultado dos inegáveis avanços no exercício da plena igualdade possibilitado pela Revolução. As mulheres constituem 46 por cento das pessoas empregadas no setor estatal civil cubano; são mais de 65 por centos dos profissionais e técnicos do país e representam 39 por cento dos dirigentes. A Federação de Mulheres Cubanas (FMC) é a organização que desde sua…

Ecuador
0

Sobre conquistas e questões pendentes relativas à mulher no Equador

Luisa María González* No Equador da Revolução Cidadã o avanço da mulher no cenário político evidencia e é resultado de muitas décadas de lutas para reverter uma mentalidade patriarcal que, apesar disso, ainda levanta barreiras. As equatorianas conseguiram nos últimos anos inserir-se em espaços estratégicos de tomada de decisões, graças a processos de inclusão social cada vez mais amplos que lhes asseguram oportunidades formais similares às dos homens. De acordo com a deputada Paola Pavón,…

Ecologia
0

Mulheres na linha de frente em defesa do ambiente

Amantha Perera* Aleta Baun é uma ambientalista da Indonésia que gosta de usar um lenço colorido sobre a cabeça porque representa a selva, que é a alma do povo mollo, que ocupa Timor Ocidental, parte da província de Nusatengara Oriental. Mas Mama Aleta, como é conhecida em sua comunidade, não é a única. “A selva é a vida de meu povo, as árvores são como os poros de nossa pele, a água é como o…

Burundi
0

Mulheres do Burundi ainda longe de assumir as rédeas do país

Bernard Bankukira* As mulheres de Burundi sentem que ainda estão longe de assumir postos de poder neste país do sudeste da África, que em 2015 realizará eleições gerais, para as quais, no entanto, vigora uma cota de 30% para a representação feminina no parlamento. Ainda hoje, a cultura tradicional do país considera que as mulheres devem ser trabalhadoras do lar, por isso desde pequenas são educadas para esse papel, explicou à IPS a ativista Bernardine…

Brasil
0

Eleonora Menicucci: ‘violência contra a mulher ainda é uma questão cultural e patriarcal’

Hylda Cavalcanti* A Secretaria de Política para Mulheres e o comando das políticas públicas relacionadas à questão de gênero sempre deixaram à vontade a ministra Eleonora Menicucci, titular da pasta, pesquisadora há décadas e autora de trabalhos diversos voltados para a área. Com o olhar técnico e estudioso de quem conhece a fundo problemas como discriminação, exploração sexual e violência doméstica –que, em pleno século 21, ainda afligem tantas mulheres– Menicucci acha que a questão…

França
1

Enormes desafios 70 anos depois do voto feminino na França

Carmen Esquivel * Em abril a França celebrou com pompas o 70º aniversário do direito ao voto feminino, mas a luta por alcançar a plena igualdade de oportunidades na vida política e econômica do país continua sendo um grande desafio. No dia 21 de abril de 1944, o governo provisório do general Charles de Gaulle decretou que as mulheres tinham as mesmas prerrogativas que os homens para votar e ser eleitas. A norma foi elaborada…

Mulheres
0

Tráfico de dominicanas, problema pendente de solução

Diony Sanabia * A República Dominicana se mantém como o país da América Central e do  Caribe com maior quantidade de pessoas vítimas de tráfico, segundo informes de organismos internacionais. Um relatório do Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Delito indica que as vítimas dominicanas desse flagelo foram repatriadas de pelo menos 18 países, principalmente da Europa e da América. De 2007 a 2010, as dominicanas representaram um e três por cento,…