violência contra a mulher

Sonia_samudio_Pública-9 Brasil

“Fugi e fiquei viva, minha filha enfrentou e morreu”, diz mãe de Eliza Samudio

Por Andrea Dip, da Agência Pública Em entrevista à Pública, Sônia Samudio narra a história de violência que marcou sua vida e a da filha, Eliza, vítima de feminicídio – um crime que mata uma mulher a cada 90 minutos no Brasil Quando dona Sônia entra na sala, minha garganta dá um nó. A semelhança entre ela e a filha é impressionante. Por vezes, durante nossas conversas, tenho a sensação…