Bert Verhoeff / Anefo - Nationaal Archief / Wikicommons

Morre aos 89 anos o maestro André Previn

Músico nascido em Berlim ficou conhecido pelo talento versátil que eliminou barreiras musicais. Ele levou quatro Oscars por composições em filmes e conduziu grandes orquestras europeias, incluindo a Sinfônica de Londres

Redação

Deutsche Welle Deutsche Welle
Bert Verhoeff / Anefo - Nationaal Archief / Wikicommons
André Previn, em outubro de 1973

André Previn, compositor e maestro que venceu quatro Oscars e dez Grammys ao longo da carreira, morreu nesta quinta-feira (28/02) aos 89 anos. A empresária dele, Linda Petrikova, disse que o músico morreu em casa, em Nova York, mas não informou a causa da morte.

Nascido na Alemanha e naturalizado americano, Previn ficou marcado por um talento extraordinário e versátil, que eliminava as barreiras entre jazz, pop, cinema e música clássica.

Ganhou fama por suas composições e arranjos musicais em dezenas de filmes, que lhe renderam a estatueta mais cobiçada no mundo do cinema por Gigi (1958), Porgy & Bess (1959), Irma la douce(1963) e Minha bela dama (1964).

Além disso, mantém o recorde de ter recebido o maior número de indicações ao Oscar em um ano, quando em 1961 se destacou por seu trabalho musical em Elmer Gantry e Essa loira vale um milhão, e a sua canção Faraway part of town, da comédia Pepe.

Apesar da lucrativa carreira profissional em Hollywood, Previn também dedicou-se à sua paixão por jazz, piano e música clássica, tendo sido um destacado diretor da Orquestra Sinfônica de Londres, a qual também conduziu como maestro.

"Estamos profundamente entristecidos com a notícia da morte de nosso regente emérito André Previn", afirmou a orquestra britânica em nota. "Ele fará muita falta a todo mundo na orquestra e lembrado com grande carinho. Que ele sempre toque as notas certas na ordem certa."

O talento de Previn fez com que ele fosse descrito como um dos melhores e mais completos músicos do século 20. Chegou a se apresentar com estrelas do jazz como Ella Fitzgerald, além de compor musicais, peças de orquestra, duas óperas e vários concertos.

A Recording Academy, que concede o Grammy, elogiou a capacidade de Previn de "combinar estilos sem esforços". "André foi um talento incomparável, e seu legado continuará vivo através de suas incontáveis composições", disse a Academia em nota.

Nascido em 6 de abril de 1929 na capital da Alemanha, ele ingressou no Conservatório de Berlim aos 6 anos de idade, após seu talento ter sido percebido por seus pais. Por volta de 1938, estudou durante um ano em Paris.

Judeus, Previn e sua família acabaram fugindo da Alemanha nazista em 1939 e se mudaram para Los Angeles, nos Estados Unidos, onde o tio-avô dele era diretor musical nos estúdios da Universal. Ele se tornou cidadão americano em 1943.

Talentoso pianista de jazz, começou a trabalhar na MGM em 1946, enquanto ainda frequentava o ensino médio, deixando o estúdio nos anos 1960. "Na MGM, você sabia que teria um trabalho no ano seguinte e que seria pago. Mas eu era ambicioso demais para me contentar com isso", disse ele numa entrevista ao The Guardian em 2008.

Previn foi diretor musical da Filarmônica de Los Angeles, bem como das orquestras sinfônicas de Houston e de Pittsburgh. Atuou também como maestro convidado em várias partes do mundo.

Segundo a IMG Artists, que gerenciava a carreira de Previn, o músico "ocupou sua mente brilhante nos últimos anos principalmente com composições e trabalhou incansavelmente em novas encomendas até poucos dias antes de sua morte".

Previn se casou cinco vezes. Uma de suas mulheres foi a atriz Mia Farrow, que era casada com o cantor Frank Sinatra quando os dois se conheceram.

Com Farrow, ele teve três filhos biológicos e adotou outros três, incluindo Soon-Yi Previn, que se casou em 1997 com o cineasta Woody Allen. Após se separar de Previn, Farrow foi casada por anos com Allen, antes de ele começar um relacionamento com sua filha.

A atriz também deixou uma mensagem a Previn nesta quinta-feira. "Vejo você de manhã, amado amigo. Que você descanse em gloriosas sinfonias", escreveu ela em rede social, ao publicar várias fotos dos dois juntos.

Comentários