Evento em SP discute livro 'A Nova Ordem', ficção do jornalista Bernardo Kucinski

Esse é o sexto livro do escritor e detalha de forma ficcional o momento político do Brasil; além de Kucinski, estarão presentes o professor de literatura brasileira da USP Jaime Ginzburg e o publicitário e autor Marcius Cortez

A Livraria Martins Fontes realiza nesta sexta-feira (16/08), em conjunto com a Alameda Editorial, um evento para discutir o livro A Nova Ordemdo jornalista e professor aposentado da Escola de Comunicação da USP Bernardo Kucinski, em São Paulo. O debate começa às 18h30.

Além de Kucinski, estarão presentes o professor de literatura brasileira da USP Jaime Ginzburg e o publicitário e autor Marcius Cortez. 

Leia também:
A Nova Ordem, novela de Bernardo Kucinski, escancara o Brasil dos canalhas
Nova ficção de Kucinski narra ascensão do autoritarismo no Brasil

A Nova Ordem é o sexto livro do escritor e detalha de forma ficcional o momento político do Brasil. Segundo Kucinski, sua obra é uma distopia e, em partes, "uma metáfora" do que está acontecendo no país. O livro tem em si uma segunda narrativa factual, que descreve as novas ordens do atual governo brasileiro.

A obra, lançada em junho pela Alameda, mantém um paralelo com livros como 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, distopias que narram ascensões autoritárias. 

Kucinski tem outros livros publicados: seu doutorado, Jornalistas Revolucionários - Nos tempos da imprensa alternativa (EDUSP, 2003); K – Relato de uma Busca (Expressão Popular, 2011); As c@rtas ácidas da campanha de Lula de 1998 (Ateliê Editorial, 2000); e Cartas a Lula (Edições de Janeiro, 2014).

Reprodução
Bernardo Kucinski é escritor e professor aposentado da ECA-USP

Serviço

Debate do livro A Nova Ordem
Data: sexta, 16 de agosto, às 18h30
Livraria Martins Fontes - Av. Paulista, 509 - São Paulo

Confirme presença no evento do Facebook clicando aqui



Comentários