Documentário sobre Fela Kuti, criador do Afrobeat, chega aos cinemas no Brasil

Dirigido pelo brasileiro Joel Zito Araújo, filme já conquistou vários prêmios como o de Melhor Filme no Festival Panafricano de Cinema e Televisão de Ouagadougou

O documentário Meu Amigo Fela, sobre a vida e a obra de Fela Kuti, um dos maiores nomes da música internacional e criador do estilo Afrobeat, chega aos cinemas do Brasil nesta quinta-feira (07/11).

Dirigido pelo brasileiro Joel Zito Araújo, o filme já percorreu diversos festivais e conquistou vários prêmios como o de Melhor Filme no Festival Panafricano de Cinema e Televisão de Ouagadougou, e o Prêmio Especial do Júri no Festival É Tudo Verdade.

O longa metragem produzido pela Casa de Criação de Cinema e distribuído pela O2 Play se baseou em depoimentos de Carlos Moore, africano-cubano que foi amigo íntimo de Fela Kuti, além de se tornar seu biógrafo oficial.


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


Nascido em Abeokuta, na Nigéria, Fela ganhou protagonismo no cenário musical com a criação do Afrobeat, mistura de elementos da música yorubá com ritmos norte-americanos como o jazz e o funk.

Divulgação
Multi-instrumentista, cantor e compositor, o nigeriano ainda foi um ator político de destaque no meio cultural de sua época

Multi-instrumentista, cantor e compositor, o nigeriano ainda foi um ator político de destaque no meio cultural de sua época. Inspirado por Malcom X, pelos Panteras Negaras e pelas lutas de libertação do chamado "Terceiro Mundo", Fela passou a se envolver cada vez mais com a conjuntura política do continente africano e de seu país.

Após diversas frentes de militância e mais de 40 discos gravados, Fela Kuti faleceu em 1997 por complicações geradas pelo vírus HIV.

Veja o trailer do filme Meu Amigo Fela:


Comentários

Leia Também