'Democracia em vertigem' é indicado ao Oscar de melhor documentário

Documentário de Petra Costa narra os desdobramentos que culminaram no impeachment da ex-presidente Dilma Roussef

O documentário "Democracia em vertigem", da cineasta brasileira Petra Costa, vai concorrer ao Oscar de melhor documentário na edição da premiação deste ano. A indicação foi anunciada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood nesta segunda-feira (13/01). 

Em sua conta no Instagram, a cineasta comemorou a indicação do filme. "Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes", afirmou. Em sua postagem a diretora aproveitou para sair em defesa da democracia. "Numa época em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia, esperamos que esse filme possa nos ajudar a entender como é crucial proteger nossas democracias", disse.

"Democracia em vertigem" irá concorrer com outros quatro documentários na 92ª edição da premiação que acontece no dia 9 de fevereiro em Los Angeles:  “American Factory”, de Julia Reichert e Steven Bognar, “The Cave”, gravado por Feras Fayyad, “For Sama”, do cineasta Waad Al-Kateab e “Honeyland”, filmado por Tamara Kotevska e Ljubo Stefanov.

Lançado em janeiro de 2019 no festival de Sundance e disponível na plataforma Netflix desde junho passado, "Democracia em vertigem" narra em primeira pessoa os bastidores da política brasileira que levaram ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


Para produzi-lo a diretora teve acesso aos bastidores dos processos que abalaram a democracia brasileira e também culminaram na prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na ascensão de Sérgio Moro e na eleição de Jair Bolsonaro (PSL).

O filme entrou na lista de melhores filmes de 2019 do New York Times ao lado de grandes produções como “Rolling Thunder Revue”, documentário de Martin Scorcese sobre turnê de Bob Dylan, e “Fora de Série”, dirigido por Olivia Wilde. 

Leia mais: Cada pedaço de 'Democracia em Vertigem' é um golpe no estômago que estremece o espectador.

Fotos Públicas
Manifestantes pró e contra impeachment da presidenta Dilma Roussef em Brasília

Em sua conta no Twitter, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parabenizou a cineasta pela "seriedade com que narrou esse importante período da nossa história" e celebrou o cinema nacional.

Essa é a primeira indicação da diretora brasileira ao Oscar. Além de Democracia em Vertigem, Petra Costa também é autora dos documentários “Elena” (2012) e “Olmo e a gaivota” (2014), ambos premiados nos festivais de Brasília e do Rio, respectivamente. 

Confira abaixo o trailer do filme de Petra Costa:


Comentários