Iraque convoca embaixador iraniano para transmitir reprovação aos ataques no país

Chancelaria emite nota na qual afirma que as ações são uma violação de sua soberania

O embaixador do Irã em Bagdá, Iraj Masjedi será convocado pelo Ministério das Relações Exteriores do Iraque com objetivo de transmitir sua reprovação aos ataques iranianos contra as tropas norte-americanas realizados na madrugada desta quarta-feira (08/01), conforme anunciado pela chancelaria. 

 

De acordo com comunicado a que a agência EFE teve acesso, a chancelaria Iraquiana condenou as operações e as considerou uma “violação” de sua soberania, pedindo para que as partes envolvidas exercessem “autocontrole’ e se empenhassem para diminuir a escalada de tensão no Oriente Médio. 

 

A nota diz ainda que o o Ministério iraquiano fez um apelo para que o território iraquiano não seja transformado em “um campo de guerra para ajustes de contas”, enfatizando que o Iraque é um país independente que tem o máximo interesse e prioridade em manter a segurança interna, portanto, não admitirá que seu território seja transformado em um quintal para “agressões” ou “prejudicar países vizinhos”. 

 

Ainda segundo a agência EFE, o comunicado termina afirmando que o Ministério convocará o embaixador iraniano para informá-lo de todos os itens citados anteriormente. 

 


Wikimedia Commons
O embaixador do Irã em Bagdá, Iraj Masjedi será convocado pelo Ministério das Relações Exteriores do Iraque

Na madrugada desta quarta-feira (08/01), o irã lançou dezenas de mísseis contra duas bases no território iraquiano com a presença de tropas americanas em resposta ao assassinato do general Qamed Soleimani.

 

Na ocasião Bagdá condenou a ação dos EUA, considerando o ato como uma violação de sua soberania, pois houve a morte de líderes das milícias pró-governo iraquianas supostamente apoiadas por Teerã.

Comentários