Avós da Praça de Maio anunciam que encontraram neto 128, desaparecido durante ditadura na Argentina

Neto se chama Marcos e desapareceu em 1976 junto com a mãe, vivendo com identidade trocada por 42 anos

Redação

0

Todos os posts do autor

As Avós da Praça de Maio, na Argentina, anunciaram nesta sexta-feira (03/08) que encontraram o neto número 128, desaparecido durante a ditadura militar no país (1976-1983).

Em uma entrevista coletiva de imprensa, a organização celebrou a identificação de outro neto. “Marcos viveu durante 42 anos com identidade trocada e é filho de Rosario Carmen Marcos Ramos. Nasceu em San Miguel de Tucumán, onde ambos foram sequestrados quando a criança tinha apenas cinco meses de vida”, afirmou o grupo.

Um dos irmãos de Marcos, Ismael, afirmou que o “reencontro foi fabuloso”, e aproveitou a ocasião para compartilhar uma fotografia dele com a mãe. Outro irmão, Camilo, manifestou “agradecimento infinito” às avós pelo trabalho de reencontrar os familiares vítimas da ditadura militar.

Reprodução
Estela de Carlotto (ao centro) anuncia recuperação de neto 128 (Reprodução/Facebook)

“Seguiremos lutando por todos os netos que nos faltam encontrar”, disse a presidente da organização, Estela de Carlotto. Segundo ela, a identificação de outro neto só foi possível por conta da obtenção de dados novos, aos quais nunca haviam tido acesso.

“Como veem, somos poucas avós aqui, somos quatro. O resto já não está, ou está doentinha. Mas, com nossa equipe incansável de jovens que nos ajuda a seguir caminhando, enquanto tivermos vida, seguiremos buscando as centenas de netos que ainda faltam”, disse Carlotto.

“Nossos netos e netas podem estar em qualquer rincão. Qualquer informação, por insignificante que possa parecer, pode ser que resulte na peça que faltava para algum deles”, afirmou.

(*) Com teleSUR

Comentários