Hoje na História: 1989 - Morre a atriz Bette Davis, a "primeira-dama" do cinema

Artista modernizou a forma como a indústria do cinema via a mulher

Max Altman

No dia 6 de outubro de 1989, morre em em Neuilly-sur-Seine, aos 81 anos, a atriz norte-americana Ruth Elizabeth "Bette" Davis. Está enterrada ao lado de sua mãe e irmã no Forest Lawn Memorial Park, em Los Angeles.  Conhecida por sua vontade de interpretar personagens antipáticas, era venerada por suas atuações em melodramas policiais, filmes de época e até comédias. Vista por muitos como a “Primeira Dama do Cinema”,  cumpriu uma carreira cinematográfica de seis décadas e, através de seu trabalho, ajudou a modernizar a forma como a indústria do cinema via a mulher.

Davis nasceu em abril de 1908. Seu pai abandonou a família quando ela tinha apenas dez anos. Sua mãe, mesmo diante dos limitados recursos financeiros, sustentou os estudos dela e de sua irmã na Academia Cushing. A família mudou-se para Nova York em 1921. Após diplomar-se no colégio, frequentou a Escola Dramática Murray Anderson e estreiou na Broadway. Partiu então para Hollywood, para um teste no Universal Studios. Mesmo aprovada, participou apenas de seis pequenos filmes e teve seu contrato dissolvido. Após decidir retornar a Broadway, Davis recebe um telefonema da Warner Bros. Isso fez com que ela permanecesse em Hollywood, onde assinou um novo contrato, desta vez de sete anos. Davis casa-se com Harmon Nelson naquele mesmo ano.

WikiCommons

O Homem Deus, lançado em 1932, foi o primeiro filme a chamar sua atenção. Dois anos mais tarde, ganharia o Oscar de Melhor Atriz pelo filme Escravos do Desejo. Recebeu críticas positivas por Perigosa, de 1935. No Picture Post, o crítico Arnot Robertson dizia: "Penso que Bette Davis seria provavelmente queimada como uma feiticeira se vivesse há duzentos ou trezentos anos atrás. Ela transmite um curioso sentimento de estar animada, um poder que não encontra uma saída normal". Por sua vez o New York Times já a classificava como uma das atrizes mais interessantes da época.

Todavia, decepcionou-se em 1936 com a Warner Bros. Reclamava que os estúdios ofereciam apenas papeis pequenos e pouco desafiadores. Davis parte para a Inglaterra para prosseguir carreira, mas um processo de Jack Warner a obriga a retornar aos EUA e honrar seu contrato. Falando a um jornalista, declarou que estava preocupada com sua carreira por continuar a atuar em filmes medíocres.

Em 1939, Davis conquista seu segundo Oscar com o longa Jezebel. Já em 1942, era a mulher mais bem paga dos Estados Unidos. Durante a Segunda Guerra Mundial, ajudou a organizar a Hollywood Canteen (Cantina Hollywood), sendo galardoada com a Medalha de Serviço Civil em 1980, a mais elevada honraria civil concedida pelo Departamento de Defesa. Ajudou também a transformar um clube noturno abandonado em local de entretenimento para soldados. “Existem algumas realizações em minha vida de que sinceramente me orgulho. A Hollywood Canteen é uma delas".

Davis fez um estrondoso retorno às telas de Hollywood em 1950, interpretando Margo Channing em A Malvada. Com essa atuação, recebeu sua oitava indicação ao Oscar. Em 1952, antes de encarnar o poder feminino de Elizabeth I em A Rainha Tirana, protagonizou Telefonema de um Estranho e Lágrimas Amargas.

Bette Davis casou-se quatro vezes. Teve uma filha com o seu terceiro marido, William Grant Sherry, e, com o seu quarto marido, Gary Merrill, adotou duas crianças, Margot e Michael. Davis rodou mais de 100 longas, inclusive o clássico de 1962 O Que Terá Acontecido a Baby Jane?. Nessa época, explorou outros caminhos para sua carreira, tornando-se uma “especialista em horror.

Em 1977, tornou-se a primeira mulher a receber o prêmio do American Film Institute’s Lifetime Achievement. Davis passou por uma mastectomia em 1983, aos 75 anos, devido a um câncer de mama. Sua última atuação foi em A Madrasta, de 1989. Seu filho Michael junto com Kathryn Semark, amiga e assistente pessoal da atriz, encarregaram-se da herança e fundaram a Bette Davis Foundation, que proporciona assistência financeira a promissores jovens atores e atrizes.

Também nesse dia:
1927 - Cinema sonoro estreia com 'O Cantor de Jazz' nos EUA
1981 - Presidente Anwar Sadat é assassinado no Egito
1973 - Guerra de Yom Kipur começa com ataque de Egito e Síria a Israel
1956 - Albert Sabin anuncia ter produzido uma vacina oral contra a poliomielite

Comentários