Agência da ONU investigará programa nuclear do Irã no final de janeiro

Objetivo da missão é confirmar quais são as finalidades das pesquisas atômicas do país

Redação

 

Uma missão de técnicos da Aiea (Agência Internacional de Energia Atômica) desembarcará no Irã no próximo dia 28/01 para ouvir especialistas locais sobre o programa nuclear desenvolvido no país. O objetivo é perguntar, sobretudo, a respeito das finalidades desse tipo pesquisa conduzida país.

O inspetor-chefe da Aiea, o belga Herman Nackaerts, é quem comandará a equipe por uma semana. Também farão parte da missão o argentino Rafael Grossi e a diretora jurídica da agência, a norte-americana Peri Lynne Johnson.

No último mês de novembro, a Aiea divulgou um relatório no qual levanta suspeitas sobre o programa nuclear iraniano com base em indícios sobre a fabricação de armas. Para o governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad, que encerra hoje sua visita à América do Sul, o documento “não tem fundamento”.

Após a divulgação do relatório, os líderes internacionais reforçaram a pressão sobre o governo do Irã. EUA, Japão e União Europeia defendem a ampliação das sanções comerciais, econômicas e financeiras impostas aos iranianos. Para Rússia e China, por sua vez, esse tipo de medida não deve ser imposta sobre o país.

Comentários

Leia Também