Em Londres, Romney comete gafe ao dizer que sucesso da Olimpíada é incerto

Comentário do candidato republicano provocou reação do premiê britânico David Cameron

João Novaes

 

O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, irritou os britânicos ao colocar em dúvida o esquema de segurança nos Jogos Olímpicos de Londres, chegando até mesmo a provocar reações do primeiro-ministro David Cameron.

Romney está no Reino Unido para uma viagem promocional. Ele pretende ganhar espaço no cenário internacional. Os próximos destinos do candidato serão Israel e Polônia. Em solo britânico, durante uma entrevista à rede norte-americana NBC News, o candidato conservador afirmou não ter certeza se tudo irá correr bem nos jogos em relação à segurança.

Agência Efe

O candidato republicano à Presidência dos EUA durante visita a Londres.

“É difícil saber até que ponto tudo irá bem. Há alguns casos desconcertantes e que não ajudam, como as histórias da empresa de segurança [a G4S, contratada pelo governo britânico] não contratar gente suficiente, ou a greve de agentes de imigração”, acusou.

“Três coisas garantem o êxito dos Jogos: a primeira são os atletas, a base de toda a Olimpíada; a segunda, os voluntários, e aqui há muitos bons entre eles; e a terceira é o povo. Eles se unirão e celebração o momento olímpico? È algo que só saberemos quando os Jogos começarem”, afirmou, pouco antes de seu encontro com Cameron.

 

As autoridades locais rapidamente trataram de responder ao republicano, utilizando o sutil humor britânico. “Estamos organizando a Olimpíada em uma das cidades mais ativas e populosas do mundo. Claro que fica muito mais fácil para qualquer um organizá-la no meio do nada”, disse Cameron, em referência a Salt Lake City, no estado de Utah, nos EUA, que em 2002 organizou os Jogos Olímpicos de Inverno. Salt Lake é o berço da religião mórmon, seguida por Romney.

Já em Downing Street, sede do governo britânico, os dois políticos se encontraram e Romney voltou atrás em seus comentários, dizendo ter certeza que os jogos terão “muito êxito”. “É claro que alguns erros vão acontecer às vezes, mas todos serão ofuscados pelas extraordinárias demonstrações de coragem, caráter e determinação dos atletas”.

Essa não foi a única gafe do dia cometida pelo republicano. Durante um encontro com o líder do Partido Trabalhista, Ed Milliband, ele esqueceu seu nome e o chamou de “senhor líder”.

Comentários