Especial: eleições em Honduras

Xiomara Castro, esposa do ex-presidente Manuel Zelaya, disputa Presidência com o governista Juan Orlando Hernández

Redação

Quatro anos após um golpe de Estado derrubar o presidente Manuel Zelaya, Honduras realiza eleições gerais neste domingo (24/11). Os mais de cinco milhões de eleitores escolherão o futuro presidente da República, três vice-presidentes, 298 prefeitos, 128 deputados federais e 20 integrantes do Parlamento Centro-Americano.

Efe

Xiomara Castro (à esquerda), do partido Libre, e Juan Orlando Hernández, do partido do governo (Partido Nacional)

Os principais candidatos que se lançaram à corrida presidencial são: Xiomara Castro de Zelaya, do partido Libre (Liberdade e Refundação), mulher do presidente deposto, e Juan Orlando Hernández (Partido Nacional) – presidente do Congresso hondurenho. Há ainda mais sete candidatos.

O correspondente de Opera Mundi na América Central, Giorgio Trucchi, acompanha a eleição em Tegucigalpa. Leia as reportagens publicadas até o momento:

Honduras vai às urnas mais violenta e pobre desde golpe contra Zelaya
Candidato governista em Honduras promete militares nas ruas e privatizações
Honduras será militarizada caso governista seja eleito, diz especialista em segurança

Feministas defendem candidatura de Xiomara em Honduras, onde uma mulher é morta a cada 14 horas
Esposa de Zelaya, candidata presidencial promete "refundar Honduras"

Líder empresarial hondurenho diz que atual governo é o pior da história
Eleições em Honduras: candidato governista defende militarização da sociedade
Candidata, esposa de Zelaya denuncia irregularidades dias antes das eleições em Honduras
Quero levar a luta social ao Congresso de Honduras, diz ex-promotor anticorrupção
EUA querem tomar recursos naturais do Brasil e da região, diz líder da resistência hondurenha
Após denúncias de fraude, estudantes vão às ruas pedir recontagem de votos em Honduras

Tribunal Eleitoral confirma vitória de candidato governista em Honduras

Leia mais:
Presidente do TSE de Honduras classifica vídeo de Lula como "ingerência externa"
Lula declara, em vídeo, apoio à candidatura de Xiomara Castro em Honduras
Análise: Governos sul-americanos deveriam apoiar o direito à soberania e às eleições livres de Honduras

Comentários

Leia Também