Socialite russa posa para foto sentada sobre manequim de mulher negra

Dasha Zhukova usou a "cadeira" durante entrevista; imagem foi criticada e a socialite, acusada de racismo

Redação

A fotografia de uma socialite russa publicada em um site de moda do país despertou a ira de usuários de internet ao redor do mundo nas últimas horas. Para ilustrar o texto de uma entrevista concedida ao blog Buro 24/7, Dasha Zhukova, nome conhecido no meio artístico internacional, aparece tranquliamente sentada sobre o manequim de uma mulher negra, disposto e contorcido de forma a simular uma cadeira.

Leia também: Acusada de racismo, empresa tira "doce negro" do mercado da Escandinávia

Reprodução/FashionBombDaily

Fotografia original: Por conta do ensaio, a publicação russa recebeu uma enxurrada de críticas na internet denunciado o racismo

Internautas de diversas redes sociais protestaram contra a publicação da foto, recheada de elementos racistas. Na imagem, o manequim da mulher negra aparece nu, com as pernas contorcidas sobre o tronco para servir de assento; calçando longas botas de salto e cano alto para servir de encosto. Nesse cenário, Zhukova, que é dona de uma galeria de arte, posa para a fotografia: sentada sobre o manequim, apoiando seu corpo contra as botas do manequim da moça negra.

Opera Mundi leva a Bauru nova série de Aulas Públicas, com ex-ministro Franklin Martins e outros

Após a polêmica, o site Buro 24/7 disse ser "categoricamente" contra a noção de racismo, opressão e humilhação de pessoas em qualquer forma. "Vemos essa cadeira estritamente em um contexto artístico. Pedimos desculpas a todos os nosso leitores que ficaram ofendidos com a fotografia", afirmou um representante do site russo.

Reprodução/Buro 24/7

Após as críticas, o site Buro 24/7 cortou a imagem, omitindo da foto o manequim da mulher negra

Contribuiu para aumentar o clamor contra a publicação o fato de que na última segunda-feira (20/01), os EUA celebravam o feriado anual em homenagem a Martin Luther King, símbolo da luta contra o racismo e pelos direitos civis no país.

Leia também: Sueco de 81 anos lê o próprio obituário em jornal

A fotografia foi amplamente condenada por blogueiros de moda e tuiteiros, fazendo com que o site "cortasse" a imagem, de forma a omitir da cena o manequim da mulher negra. A foto também foi removida da conta no Instagram de Miroslava Duma, jornalista de moda e dona da revista que publicou a foto.

A foto polêmica faz referência a um ensaio fotográfico famoso de 1969, no qual manequins — de mulheres brancas, diga-se de passagem — servem de suporte para cadeiras e mesas.

Reprodução/FashionBombDaily

Foto polêmica foi inspirada em ensaio artístico famoso de 1969 — detalhe, com mulheres brancas

Comentários