Para jornal argentino Pagina/12, Brasil está 'à beira do abismo' com impeachment; veja repercussões

Por sua vez, emissora multiestatal teleSUR afirma que povo brasileiro 'denuncia' golpe contra presidente Dilma Rousseff

Redação

A imprensa internacional vem acompanhando com atenção a votação do processo de impeachment da presidente do Brasil Dilma Rousseff. Para o jornal argentino Pagina/12, por exemplo, em texto publicado neste sábado (16/04), o país está “à beira do abismo”.

“Houve discursos tensos que põem em evidência a divisão do país, embora pesquisas de última hora colocam uma vitória da oposição em torno de ungir, indiretamente, o vice-presidente Michel Temer. Mas [o ex-presidente] Lula e Rousseff não se rendem”, afirma o periódico.

“A presidenta não se resigna à divulgação de números e está lutando voto a voto porque considera que, quem apoie o impeachment, será tratado pela história como golpista”, afirmou, de acordo com o Pagina/12, um porta-voz do PT, partido de Dilma.

Agência Efe

Câmara dos Deputados do Brasil discute até este domingo (17/04) o impeachment de Dilma

A emissora multiestatal teleSUR, por sua vez, diz que o “povo do Brasil denuncia uma tentativa de golpe de Estado”.

“Os supostos pecados de Rousseff ainda não estão claros para a maioria da população. Além disso, parecem proporcionalmente pequenos ante um Congresso embalado por deputados investigados por corrupção, que, no último ano, se especializou em aprovar aumentos de gastos populistas”, diz texto da emissora publicado neste sábado.

Ela também lembra dos protestos previstos para este sábado em todo o Brasil. “Nas principais cidades do país”, afirma a emissora, “se realizarão protestos em apoio à mandatária e contra as pretensões golpistas da direita”, citando os eventos convocados em São Paulo e Brasília. 

Rússia

Já o veículo russo Sputnik deu destaque ao pronunciamento de Dilma divulgado nas redes sociais na noite desta sexta-feira (15/04).

No vídeo, relata o Sputnik, “a chefe de Estado brasileira criticou duramente a manobra que vem sendo defendida pela oposição para tirá-la do cargo”, o que Dilma classificou como ‘aventura golpista’.

O que pensam brasileiros no exterior sobre impeachment? Clique nos países em azul, no mapa interativo, para ver as opiniões

ARGENTINA - ÁFRICA DO SUL - CHILE - ESTADOS UNIDOS - FRANÇA - REINO UNIDO - RÚSSIA

Comentários