Papa Francisco pede harmonia e paz para Brasil superar 'momentos de dificuldade'

Pontífice saudou peregrinos brasileiros nesta quarta; no dia anterior, ele se reuniu com Letícia Sabatella e Kenarik Boujikian para falar sobre crise brasileira

Redação


Clique para acessar todas as matérias e artigos de Opera Mundi e Samuel sobre impeachment


 

O papa Francisco desejou que o Brasil "siga pelo caminho da harmonia e da paz" para superar seus ‘momentos de dificuldade”, durante audiência geral realizada na Praça de São Pedro no Vaticano nesta quarta-feira (11/05).

Reprodução

Ao saudar peregrinos brasileiros durante audiência geral, Papa Francisco desejou que país "siga pelo caminho da harmonia e da paz"

“Nesses dias em que nos preparamos para Pentecostes, peço ao Senhor que derrame abundantemente os dons do Espírito Santo para que, nesses momentos de dificuldade, o país caminhe pelas sendas da harmonia e da paz com a ajuda da oração e do diálogo”, afirmou o papa ao saudar os peregrinos brasileiros.

O pontífice pediu que "Nossa Senhora de Aparecida, que como uma boa mãe nunca abandona seus filhos, os proteja e guie neste caminho”, fazendo referência à santa católica padroeira do país.
 

Essa é a primeira declaração do papa a respeito da crise brasileira e ocorre no mesmo dia em que o Senado brasileiro julga o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Nesta terça-feira (10/05), o momento político do Brasil esteve na pauta de um encontro entre o pontífice e a atriz e ativista Letícia Sabatella e a juíza substituta do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian. Elas entregaram um manifesto de movimentos sociais, que classificam o impeachment como “golpe parlamentar de Estado” e afirmam que essa conjuntura pode se estender a outros países da América Latina.

Na semana passada, o cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, informou que o papa está “preocupado” e que reza e acompanha a conjuntura do país.

Comentários