Fidel Castro 'ganha' site como presente por aniversário de 90 anos

Site oficial lançado nesta sexta-feira contém arquivo de fotos, vídeos, discursos, cartas, pinturas, caricaturas, poemas e livros

Agência Efe

O ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, que completa 90 anos neste sábado (13/08), recebeu nesta sexta-feira (12/08) como presente um site que reúne sua biografia, escritos, discursos, fotos inéditas e outros documentos sob o título "Fidel, soldado das ideias".

O site, criado pelo portal digital oficial Cubadebate e pela Universidade de Ciências Informáticas (UCI) e que pode ser visitado no endereço www.fidelcastro.cu, contém "um amplo arquivo de fotos, vídeos, discursos, cartas, pinturas, caricaturas, poemas e livros", segundo a agência estatal Prensa Latina.

Cubadebate é o portal digital no qual Castro publica suas "Reflexões", artigos sobre assuntos da atualidade que o ex-presidente começou a escrever a partir de 2006 após delegar o poder a seu irmão Raúl.

O diretor do Cubadebate, Randy Alonso, destacou nesta sexta-feira durante a apresentação da iniciativa o "valor histórico" dos documentos recopilados na nova página.

Reprodução

Fidel Castro, agora, tem um site que reúne seus arquivos de imagens, textos e vídeos

Uma biografia, uma extensa cronologia e uma galeria fotográfica com mais de 3.000 imagens, arquivos sonoros e vídeos são alguns dos conteúdos de "Fidel, soldado das ideias".

Entre as fotografias há várias do arquivo pessoal da família Castro: uma delas mostra a mãe do ex-presidente, Lina Ruz, no dorso de um cavalo, outras mostram a infância de Fidel e seus irmãos e também é possível ver um retrato de seu casamento com Mirta Díaz-Balart.

No site foi reunida também a maior parte dos discursos do líder da Revolução Cubana, desde o ataque ao quartel Moncada em 1953 até sua última intervenção pública até o momento, que aconteceu em abril deste ano durante o 7º Congresso do Partido Comunista de Cuba.

Alonso ressaltou, além disso, a seção dedicada às 82 viagens internacionais realizados por Fidel entre 1959 e 2006.

A página está disponível em espanhol, inglês, francês, português, alemão, italiano, russo e árabe. 

Comentários

Leia Também