Maduro anuncia criação de criptomoeda na Venezuela: o 'petro'

Sistema irá permitir, segundo Caracas, realizar transações financeiras, driblar o bloqueio financeiro contra o país e aceder a novas formas de financiamento

Redação (*)

0

Todos os posts do autor

O presidente Nicolás Maduro, anunciou neste domingo (03/12) a criação de uma criptomoeda na Venezuela, chamada de “petro”, que estará respaldada pelas reservas de petróleo, ouro, gás e diamantes do país.

O sistema irá permitir, segundo Caracas, realizar transações financeiras, driblar o bloqueio financeiro contra o país e aceder a novas formas de financiamento para o desenvolvimento econômico e social venezuelano.

“Vamos implementar um novo sistema de criptomoeda a partir das reservas petrolíferas, para avançar em matéria de soberania monetária. Isto vai permitir avançar a novas formas de financiamento internacional”, afirmou Maduro.

A moeda virtual de intercâmbio oferece maior segurança ao público para garantir e gerenciar todas as operações financeiras. “Esta criptomoeda é para realizar suas transações financeiras e buscar novas formas de financiamento. Se chamará Petro. Com isso, nos incorporamos ao mundo do século XXI”, completou Maduro, que disse que o objetivo é “avançar a um sistema financeiro que seja sólido para sustentar nosso desenvolvimento”.

Prensa Presidencial

Maduro anunciou criação de criptomoeda venezuelana

Maduro anunciou também a criação do Observatório do Blockchain na Venezuela, que servirá como base institucional, política e jurídica para o lançamento da criptomoeda no país. O observatório será integrado por uma equipe multidisciplinar de 50 especialistas das áreas de tecnologia, economia e finanças, legal, monetária e mídia. Além disso, o órgão estará subordinado ao Ministério de Educação Universitária, Ciência e Tecnologia.

O blockchain é o software líder no mundo para ativos digitais (como moedas virtuais) e é uma forma simples e segura para se comprar e vender moeda digital.

O Bitcoin foi a primeira criptomoeda criada no mundo, em 2009, e funciona como um sistema de pagamentos baseado em arquivos de computador. Por meio deste mecanismo, podem ser feitas transações como pagamentos de bens e serviços pela internet.

(*) Com AVN 

Comentários