Trump corta contribuição dos Estados Unidos à ONU em quase US$ 300 milhões

Segundo embaixadora dos EUA no órgão, Nikki Haley, 'ineficiência' na gestão dos recursos por parte da entidade é 'notória'

ANSA

Todos os posts do autor

Os Estados Unidos anunciaram uma redução de US$ 285 milhões em sua contribuição para o orçamento da Organização das Nações Unidas (ONU) para o biênio 2018-2019.

O corte foi divulgado no último domingo (24/12) pela embaixadora do país na ONU, Nikki Haley. Segundo ela, a "ineficiência" na gestão dos recursos por parte da entidade é "notória", e Washington não deixará que ela "se aproveite da generosidade do povo americano".

A cifra foi decidida após uma negociação entre as duas partes, mas os Estados Unidos não anunciaram qual será sua contribuição total para a ONU nem o efeito que o corte terá sobre o orçamento da organização.

O governo de Donald Trump adota um tom crítico em relação às Nações Unidas e já até anunciou sua saída de um de seus principais ramos, a Unesco, a quem acusa de ter um viés "anti-Israel". 

Reprodução/Twitter

Redução foi anunciada pela embaixadora dos EUA no órgão, Nikki Haley

Comentários