Moscou teve apenas seis minutos de luz solar em dezembro

'Dezembro passado foi o mês mais escuro da história das observações meteorológicas', afirmou portal russo; último recorde foi em 2000, quando sol apareceu por três horas

Redação

0

Todos os posts do autor

A cidade de Moscou, na Rússia, teve apenas seis minutos de sol durante o mês de dezembro de 2017. Foi o que afirmou o portal de meteorologia russo Meteonovosti nesta segunda-feira (15/01).

Segundo especialistas do site, o mês de dezembro é normalmente o período mais escuro do ano, alcançando uma média de 18 horas de luz solar. Porém, em 2017, o sol apareceu por apenas seis minutos. "Dezembro passado foi o mês mais escuro da história das observações meteorológicas", afirmou o portal.

Em entrevista para o site russo RBC, o chefe do centro de meteorologia da Rússia, Roman Vilfand, disse que "ocorreu uma situação extraordinária no ano", destacando o aumento da temperatura em 5.8 graus e a formção de ciclones devido à quantidade de nuvens que bloquearam o sol.

O último recorde da quantidade de sol em dezembro na Rússia, registrado pelo centro de meteorologia do país, foi no ano 2000, houve três horas de luz em Moscou.

Eu apoio Opera Mundi

Eu apoio Opera Mundi

Eu apoio Opera Mundi

Wikicommons

Dezembro foi o mês mais escuro da história das observações meteorológicas em Moscou, afirmou portal meteorológico

Comentários