Novos ataques à Síria gerariam caos internacional, diz Putin

Declaração foi dada durante telefonema com presidente do Irã; O presidente da Rússia afirmou que outro bombardeiro à síria seria ‘ação ilegal’ com impactos negativos

Redação (*)

0

Todos os posts do autor

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou neste domingo (15/04) durante telefonema com seu homólogo iraniano, Hassan Rouhani, que outros bombardeios do ocidente à Síria representariam “uma ação ilegal” e que gerariam caos internacional.

A conversa realizada durante um telefonema entre os dois líderes foi divulgada pelo Kremlin à agência Tass. Putin ressaltou que "se essas ações que violam os estatutos da ONU continuarem acontecendo, inevitavelmente levarão ao caos internacional".
   
Segundo a imprensa russa, os dois presidentes ainda concordaram que os ataques realizados pelos Estados Unidos, França e Reino Unido estragaram as chances de se fazer um acordo político para a crise no território sírio. 

Wikimedia Commons

Declaração foi dada durante telefonema com presidente do Irã; O presidente da Rússia afirmou que outro bombardeiro à síria seria "ação ilegal" com impactos negativos

EUA, França e Reino Unido lançaram mísseis contra a Síria na noite da última sexta-feira (13/04). O bombardeio é uma resposta ao suposto ataque químico que teria ocorrido em Duma, o último reduto insurgente de Ghuta Oriental, no último sábado (07/04). 

O ataque começou por volta das 04h00 da madrugada na Síria (22h00 de sexta-feira em Brasília), no momento em que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciava a ação.

(*) Com Ansa

Comentários

Leia Também