Conheça todos os presidentes de Cuba após a Revolução

Miguel Díaz-Canel se tornou nesta quinta-feira (19/04) o quinto líder do país desde a Revolução Cubana

Redação

0

Todos os posts do autor

Miguel Díaz-Canel se tornou nesta quinta-feira (19/04) presidente de Cuba – o quinto após a Revolução de 1959. Engenheiro de formação, era o primeiro-vice-presidente do país até ser escolhido como mandatário pela Assembleia Nacional do Poder Popular.

.

Eu apoio Opera Mundi

Eu apoio Opera Mundi

Eu apoio Opera Mundi

Raúl Castro – 24.fev.2008 a 19.abr.2018

Raúl assumiu a liderança de maneira interina em 2006, por conta da saúde debilitada do irmão. Em 2008, foi definitivamente eleito como presidente de Cuba. O governo de Raúl foi marcado pela estabilidade econômica do país e pela reaproximação com os Estados Unidos.

Após ser empossado, Raúl iniciou um processo de maior flexibilização econômica em Cuba, dando mais abertura ao trabalho privado e aos investimentos estrangeiros. Atualmente há mais de meio milhão de pessoas trabalhando por conta própria no país, o que permitiu que a ilha diversificasse a oferta de bens e serviços com maior nível de qualidade.

O governo dele desempenhou papel fundamental no processo de paz entre o governo colombiano e as então Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). Havana foi palco por quatro anos de uma série de reuniões envolvendo diplomatas e dirigentes de ambos os lados.

Foi na administração de Raúl Castro que Cuba e Estados Unidos se reaproximaram. As nações haviam rompido relações em 1961, com a imposição do bloqueio econômico por parte dos EUA.

A reaproximação, que teve como um dos principais mediadores o papa Francisco, proporcionou fatos históricos como a ida de Raúl aos EUA para participar da Assembleia Geral da ONU e a visita do então presidente dos EUA Barack Obama a Cuba, pela primeira vez em 88 anos. Leia mais sobre Raúl aqui.

Miguel Díaz-Canel – a partir de 19.abr.2018

Miguel Díaz-Canel foi eleito nesta nesta quinta (19/04) o novo líder do país em substituição a Raúl Castro, que deixa o poder após cumprir dois mandatos no cargo. A eleição de Díaz-Canel aconteceu em um dia simbólico para o pais, o 57º aniversário da vitória na tentativa de invasão da baía dos Porcos.

Nascido em 1960, Díaz-Canel é engenheiro eletrônico de formação e professor universitário em Villa Clara. Desde 2003, faz parte do Birô Político do país. Ele é o primeiro dirigente cubano nascido após a Revolução de 1959 a atingir altos cargos na direção do país.

Em 2009, foi nomeado ministro da Educação Superior por Raúl. Deixou o cargo para assumir a Primeira-Vice-Presidência do país, em 2012. Nesta sexta (20/04), ele completa 58 anos de idade.

O agora presidente já afirmou, em diversas oportunidades, que a mudança na direção do país significaria uma continuidade das políticas estabelecidas após a Revolução Cubana. "Sempre haverá presidente em Cuba defendendo a Revolução, e serão companheiros que sairão do povo", disse. Leia mais sobre ele aqui.

 

Reprodução

Comentários

Leia Também