OMS retira transexualidade da categoria de distúrbios mentais

Decisão histórica acontece 28 anos depois de organização ter retirado a homossexualidade da categoria de transtornos psicológicos, em 1990; identidades transexuais ocupavam lugar ao lado de pedófilos e cleptomaníacos

Redação

0

Todos os posts do autor

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta segunda-feira (18/06) a atualização da Classificação Internacional de Doenças, na qual retirou oficialmente a transexualidade da lista de distúrbios mentais.

A decisão histórica acontece 28 anos depois de a organização ter retirado a homossexualidade da categoria de transtornos psicológicos, em 1990. As identidades transsexuais ocupavam lugar na lista ao lado de pedófilos e cleptomaníacos.

“Não há evidências de que uma pessoa com outra identidade de gênero deva ter automaticamente, ao mesmo tempo, um distúrbio mental”, afirmou o diretor do departamento de Saúde Mental e Abusos de Substâncias da OMS, Shekhar Saxena.

Foreign and Commonwealth Office

Decisão histórica acontece 28 anos depois de organização ter retirado a homossexualidade da categoria de transtornos psicológicos, em 1990

Entretanto, a transexualidade permanece no documento, na categoria de “condição relativa à saúde sexual”, o que garante que alguns países continuem a oferecer suporte público de saúde para essa população.

“Se as pessoas com outra identidade de gênero são identificadas automaticamente como alguém com distúrbio mental, em muitos países elas são estigmatizadas pode ser que se reduzam as oportunidades de auxílio”, disse Saxena.

Comentários