PT registra candidatura de Lula à Presidência, com Haddad de vice

Candidatura foi registrada pouco antes do encerramento do prazo; ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad é candidato a vice-presidente

Redação

Todos os posts do autor

O Partido dos Trabalhadores (PT) registrou nessa quarta-feira (15/08) a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para concorrer à Presidência da República. O registro foi protocolado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por dirigentes do partido. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad será candidato a vice.

O registro foi protocolado às 17h20, pouco mais de uma hora e meia antes do final do prazo, que se encerra às 19h. O registro foi antecedido por uma marcha até a sede do TSE, em Brasília, e contava com a participação de uma comitiva de políticos da coligação que reúne PT, PCdoB e Pros, além de movimentos sociais e simpatizantes de Lula. Os militantes pedem que o ex-presidente seja solto para que possa fazer sua campanha.

“Queremos que ele [Lula] esteja presente nos debates. Queremos que a legislação a partir de hoje autorize. O Artigo 16 do Código Eleitoral é claríssimo. Enquanto a candidatura estiver sub judice, ela goza das mesmas prerrogativas de qualquer outra candidatura”, afirmou Haddad.

Registro da candidatura foi antecedido por marcha em Brasília (Foto: Alessandro Dantas)

O agora candidato a vice disse que irá “rodar o país” para levar a mensagem de Lula aos eleitores. “Fizemos uma longa travessia para chegar até aqui, para registrar esta chapa no TSE. O ato de levarmos o registro da candidatura de Lula à presidência da República não é um ato de desobediência à lei e sim um ato de obediência ao povo e à Constituição Federal”, disse.

Lula está preso em Curitiba desde abril deste ano. O ex-presidente foi condenado pela segunda instância da Justiça a uma pena de 12 anos e um mês de prisão.

Comentários