Casa Branca diz que Trump e Kim Jong-un cogitam novo encontro

Presidente dos EUA recebeu carta do líder norte-coreano; primeiro encontro histórico entre líderes ocorreu em junho

Redação

0

Todos os posts do autor

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu uma carta "cordial" e "positiva" do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, para programar um segundo encontro entre os dois líderes. A informação foi revelada nesta segunda-feira (10/09) pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, afirmando que o republicano quer que a reunião realmente aconteça.

Para Trump, o diálogo representa um sinal de progresso nas negociações sobre a desnuclearização da Coreia do Norte.

Mais cedo, o assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, já havia ressaltado que "a possibilidade de outro encontro entre os dois presidentes obviamente existe".

"Mas o presidente Trump não pode fazer com que os norte-coreanos cruzem a porta que ele mantém aberta. São eles que têm que dar os passos para a desnuclearização. Estamos esperando", acrescentou.

Na última semana, o republicano chegou a declarar que esperava receber essa carta de Kim. Os dois líderes têm trocado correspondências conforme negociam sobre o programa nuclear norte-coreano. Kim e Trump iniciaram um diálogo desde que se encontraram em uma cúpula inédita, no dia 12 de junho, onde estabeleceram um acordo de paz, a fim de iniciar um processo de desnuclearização. 

(*) Com Ansa

Comentários