Flickr

Em entrevista, Lula diz que Bolsonaro só ganhou por não ter concorrido contra ele

Em conversa por cartas enviadas à BBC, ex-presidente disse que prisão evitou sua vitória em eleições de 2018 e que juiz Sérgio Moro fez “política e não justiça”

Redação

Todos os posts do autor

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, disse em entrevista à emissora britânica BBC, divulgada nesta quinta-feira (06/12), que o presidente eleito Jair Bolsonaro, do PSL, só ganhou as eleições por não ter concorrido contra ele e que o juiz Sergio Moro, responsável pelo seu julgamento, fez “política e não justiça”. 

“Bolsonaro só ganhou porque não concorre comigo”, disse, por meio de cartas. O ex-mandatário está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde abril e foi impedido de concorrer à presidência a um mês do começo das votações, apesar de aparecer em primeiro lugar nas intenções de voto. 

“Se Moro agisse de acordo com a lei, teria que me soltar e eu teria sido eleito”, disse. "Então ele fez política e não justiça e agora se beneficia disso". Lula criticou a decisão de Moro, que aceitou o convite para ser ministro da Justiça feito por Bolsonaro. 

Lula também disse que seu veredito foi motivado por razões políticas. “Fui condenado por ser o presidente de maior sucesso da República e o que mais fez pelos pobres", relatou.

Durante a entrevista, Lula voltou a defender sua inocência e disse que “está preso sem motivo”, além de alertar que “se isso pode ser feito com um ex-presidente”, os direitos dos brasileiros estão “sob ameaça”.

Comentários