“A aliança Estados Unidos-Brasil está mais forte do que nunca", diz John Bolton

Após reunião com o chanceler brasileiro Ernesto Araújo, o conselheiro de segurança dos EUA reiterou o apoio mútuo de Brasil e EUA a Juan Guaidó, o autoproclamado presidente interino da Venezuela

Redação

São Paulo (Brasil)

Todos os posts do autor

O chanceler Ernesto Araújo se encontrou nesta terça-feira (05/02), em Washington, com o conselheiro nacional de segurança da Casa Branca, John Bolton, que se manifestou sobre a reunião em uma postagem em sua conta no Twitter.

"Acabei de me encontrar com o ministro de Relações Exteriores do Brasil Araújo na Casa Branca. Discutimos o apoio mútuo ao Presidente Interino da Venezuela Guaidó, incluindo a logística para fornecer assistência humanitária ao povo venezuelano. A aliança Estados Unidos-Brasil está mais forte do que nunca", escreveu Bolton.

Mais cedo, Araújo havia indicado que o governo de Nicolás Maduro na Venezuela está perto do fim, sem dar maiores detalhes.

Em uma mensagem em seu Twitter, o chanceler afirmou: “O ‘Socialismo do Século XXI’, representado por Maduro na Venezuela, está ruindo. Assim como em todos os países do século XX que adotaram esse modelo, o resultado é sempre o mesmo: miséria generalizada, mentira e opressão”. 

O chanceler está em Washington, após passar pelo Canadá onde participou de uma reunião do Grupo de Lima. O objetivo da viagem é preparar uma visita do presidente brasileiro Jair Bolsonaro aos EUA no próximo mês.

Agendas econômico-comerciais como o ingresso do Brasil na OCDE, lançamento de satélites pela Base de Alcântara e cotas/sobretaxas sobre o aço brasileiro estão na pauta da visita.

Flickr
Após reunião com o chanceler brasileiro Ernesto Araújo, o conselheiro de segurança dos EUA reiterou o apoio mútuo de Brasil e EUA a Juan Gua

Comentários