Parlamento britânico rejeita sair da União Europeia sem acordo

Por 321 a favor e 278 contra, os parlamentares barraram a emenda um dia depois de rejeitarem pela segunda vez o acordo proposto pela primeira-ministra Theresa May

Redação

São Paulo (Brasil)

O Parlamento do Reino Unido rejeitou nesta quarta-feira (13/03) a proposta de sair da União Europeia sem um acordo, abrindo caminho para mais uma prorrogação no prazo do Brexit.

Por 321 a favor e 278 contra, os parlamentares barraram a emenda um dia depois de rejeitarem pela segunda vez o acordo proposto pela primeira-ministra Theresa May.

Momentos antes da votação, a premiê afirmou que "sair sem um acordo continuará com o padrão das leis no Reino Unido e na União Europeia, a não ser que esta Casa e a UE retifique um acordo".

Com a rejeição de um Brexit sem acordo, o Parlamento se reúne amanhã para decidir se aprova uma prorrogação no prazo para a saída do Reino Unido do bloco europeu. O prazo oficial se encerra no dia 29 de março .

Entretanto, embora seja aprovada pelo parlamento britânico, a prorrogação do prazo terá que ser aceita pelos 27 países que compõe a União Europeia.

Segunda rejeição do acordo

O Parlamento do Reino Unido rejeitou nesta terça-feira (12/03), pela segunda vez, o acordo para a saída do país da União Europeia proposto pelo governo da primeira-ministra Theresa May.

A votação terminou com o placar de 391 votos contrários contra 242 a favor. O resultado representa mais uma derrota para May, uma vez que faltam apenas 17 dias para o prazo final estabelecido para o Reino Unido deixar a UE.

Após a votação, a primeira-ministra afirmou que está empenhada em entregar o resultado do Brexit, mas acredita que "a melhor maneira de fazer isso é deixar [a UE] de forma ordeira com um acordo e eu ainda acredito que existe uma maioria na Casa para isso".

Flickr/UK Parliament
Por 321 votos a 278, os parlamentares barraram a emenda

Comentários