Trabalhadores e estudantes de todo o Brasil se mobilizam em dia de greve geral

Em dezenas de capitais, o transporte público não funciona; escolas e universidades permanecem fechadas em várias cidades

As doze centrais sindicais brasileiras, com o apoio de organizações sociais e estudantis, da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo, convocaram uma Greve Geral nesta sexta-feira (14/06) contra a reforma da Previdência e os retrocessos promovidos pelo governo Jair Bolsonaro (PSL).

Giorgia Prates/Brasil de Fato
Grevistas tomaram as ruas da região central de Curitiba (PR)

Em dezenas de capitais, o transporte público não funciona. Escolas e universidades permanecem fechadas em várias cidades. Outras categorias, como bancários, metalúrgicos, trabalhadores da saúde, de água e esgoto, dos Correios, da Justiça Federal, químicos e rurais e portuários, também decidiram paralisar.

Acompanhe, em tempo real, as movimentações deste 14 de junho:

Comentários