Em encontro na Rússia, Evo e Putin assinam acordo de cooperação energética

Segundo Morales, 'esses acordos bem apresentados pelo irmão presidente Putin nos permitem seguir garantindo mais investimentos'

Em visita oficial à Rússia, o presidente da Bolívia, Evo Morales, se reuniu nesta quinta-feira (11/07) com o mandatário russo Vladimir Putin, em Moscou, onde firmaram acordos de parceria econômica na área industrial e energética entre os dois países.

Segundo Morales, "esses acordos bem apresentados pelo irmão presidente Putin nos permitem seguir garantindo mais investimentos, comércio e trabalho, em prol dos interesses de ambas as nações".

"Quero expressar nosso enorme alegria não somente como governo, mas também como povo boliviano de ter essa grande oportunidade com o presidente Putin de assinar acordo nas áreas da energia, combustíveis, lítio e [no setor] agropecuário", disse o mandatário boliviano.

Agencia Boliviana de Información
Segundo Morales, 'esses acordos bem apresentados pelo irmão presidente Putin nos permitem seguir garantindo mais investimentos'

O presidente da Bolívia ainda elogiou a postura do Kremlin com relação à soberania dos países da América Latina, dizendo que admira Putin "por liderar a luta pelo respeito ao direito internacional" e disse esperar que "dentro de pouco tempo possamos ter um planeta plurinternacional".

Por sua vez, o mandatário da Rússia afirmou que discutiu com Morales "todos os tipos de temas da integração russo-boliviana" e ainda destacou que o país latino "é um antigo sócio da Rússia na América Latina e as relações dos nossos Estados se baseiam nos princípios de respeito e consideração dos interesses dos outros".

Comentários