China suspende compras de produtos agrícolas dos EUA

Além da suspensão das compras de mercadorias agrícolas, Pequim cogita impor novas tarifas sobre todos os produtos do setor vindos dos EUA

O Ministério do Comércio da China anunciou nesta segunda-feira (05/08) que empresas chinesas suspenderam as compras de produtos agrícolas dos Estados Unidos.

A medida faz parte da guerra comercial entre China e EUA. Segundo a agência Reuters, além da suspensão das compras de mercadorias agrícolas, a China cogita impor novas tarifas sobre todos os produtos do setor vindos dos EUA.

"A capacidade de mercado da China é grande, com prospectos brilhantes de importação de produtos agrícolas de alta qualidade dos EUA", disse o Ministério, afirmando que espera que Washington mantenha suas promessas de criar "condições necessárias" para a continuidade da cooperação.

Pequim afirmou anteriormente que pretendia retaliar quaisquer tarifas impostas pelos EUA, afirmando que as medidas passariam por diversos produtos.

O presidente norte-americano, Donald Trump, recentemente ameaçou os chineses com a imposição de uma tarifa de 10% sobre US$ 300 bilhões em importações de produtos da China. 

White House Flickr
Além da suspensão das compras de mercadorias agrícolas, Pequim cogita impor novas tarifas sobre todos os produtos do setor vindos dos EUA

Mais cedo, a China também havia anunciado a desvalorização de sua moeda, o Yuan, frente ao Dólar dos EUA, o que gerou impacto sobre o mercado financeiro.

Autoridades dos EUA e da China devem dar continuidade às negociações comerciais no mês que vem em Washington.

A guerra comercial teve início em meados de 2018 com anúncios de tarifas de Trump sobre produtos chineses. Desde então, a China tem se mostrado relutante em com a possibilidade de escalada da guerra comercial.

*Com Sputnik

Comentários

Leia Também