Paquistão e Índia voltam a entrar em conflito na Caxemira

Após governo indiano anunciar início da suspensão do bloqueio, militares trocaram tiros neste sábado

Dias depois do governo da Índia anunciar a suspensão progressiva do bloqueio imposto contra a região da Caxemira, as forças indianas e paquistanesas voltaram a entrar em confronto neste sábado (17/08) e realizaram troca de tiros que deixou um soldado indiano morto.

Em comunicado, o Exército paquistanês afirmou que quatro soldados foram mortos em 24 horas durante confrontos com soldados indianos na disputada região de Caxemira.

Nesta sexta-feira (16/08) o Conselho de Segurança das Nações Unidas realizou uma reunião de "portas fechadas" sobre a questão, mais de uma semana depois de a Índia ter iniciado o bloqueio.

No início do mês, a Índia anunciou sua decisão de alterar os artigos 370 e 35A da Constituição, revogando o estatuto especial do estado e dividindo o território em dois enclaves federais.

Wikicommons
Após governo indiano anunciar início da suspensão do bloqueio, militares trocaram tiros neste sábado

O Paquistão condenou a decisão indiana, com o primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, comparando a Índia com a Alemanha nazista, além de afirmar que suas tropas e seu povo estariam prontos para lutar contra a Índia até ao fim.

Em resposta a Nova Deli, Islamabad expulsou o enviado indiano e suspendeu o comércio e os serviços ferroviários com os indianos.

*Com Sputnik

Comentários

Leia Também