Itália: Conte nomeia administradora de plano de acolhimento de migrantes para substituir Salvini

Luciana Lamorgese, advogada sem filiação partidária, irá ocupar o cargo da ministra do Interior e substituir o ultradireitista Matteo Salvini

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, nomeou nesta quarta-feira (04/09) a advogada Luciana Lamorgese, administradora de plano de acolhimento de migrantes, para substituir o ultradireitista Matteo Salvini no Ministério do Interior. 

A função de ministra será a primeira de natureza política na carreira de Lamorgese, que sempre reservou bastante atenção ao tema das migrações. Em um pronunciamento quando era prefeita da província de Milão (2017-2018), ela defendeu políticas de acolhimento e disse que quem "foge da fome tem direito de buscar melhores condições de vida".

Formada em direito e sem nenhuma filiação partidária, Lamorgese, em 2017, ajudou a definir um plano de acolhimento envolvendo todas as cidades da província de Milão, já que a maior delas enfrentava problemas causados pela grande quantidade de migrantes concentrados na Estação Central, onde tentavam entrar em trens rumo ao norte da Europa.

Reprodução
Luciana Lamorgese foi nomeada como ministra do Interior e defende plano de acolhimento migratório

A nova ministra foi escolhida devido a seu perfil "técnico" e ao desejo do novo governo de marcar uma ruptura em relação à gestão de Salvini no ministério.

Além disso, anulou medidas implantadas por prefeitos do partido de extrema direita Liga, liderado por Salvini, para multar quem hospedasse solicitantes de refúgio.

"Sempre vemos prefeitos que às vezes não fazem sua parte, e eu digo a eles que é importante aceitar a diversidade e fazer a integração", afirmou na ocasião.

(*) Com Ansa.

Comentários

Leia Também