Saio com vontade de lutar, diz Lula após deixar prisão

Em transmissão ao vivo realizada após deixar o prédio da PF, Lula disse que não quer criticar o presidente Jair Bolsonaro nem seus ministros, mas sim ajudar a construir um novo Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na noite desta sexta-feira (08/11) que sai da prisão "com muita vontade de continuar a lutar". O petista deixou a sede da Polícia Federal em Curitiba nesta tarde após ficar preso por 580 dias.

Em transmissão ao vivo realizada após deixar o prédio da PF, Lula disse que não quer criticar o presidente Jair Bolsonaro nem seus ministros, mas sim ajudar a construir um novo Brasil.

"É muito triste porque depois de 580 dias que eu estou preso, depois de eleição, depois de eleger um presidente com base em fake news, com base na mentira, os dados do IBGE mostram que o povo brasileiro está desempregado, está ganhando menos, está vivendo pior, é muito triste. Então eu saio com muita vontade de voltar a lutar", disse.


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


Veja vídeo:


Reprodução
"Então eu saio com muita vontade de voltar a lutar", disse Lula

Lula Livre

Na tarde desta sexta-feira, o juiz federal titular da 12ª Vara de Execuções Penais, Danilo Pereira Júnior, autorizou a soltura do ex-presidente. A defesa de Lula havia entrado com pedido para a liberação do petista de manhã, após decisão do STF.

Ao sair da prisão, Lula falou aos militantes que faziam parte da Vigília Lula Livre que, durante os 580 dias, permaneceu no local e pediu a liberdade do ex-mandatário.

"Vocês não tem dimensão do significado de que estar aqui junto com vocês. Vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir. Eu fiquei mais fortalecido, mais corajoso", afirmou.

Comentários

Leia Também