Base aérea que abriga tropas norte-americanas em Bagdá é atingida por foguetes

De acordo com um comunicado oficial o ataque não deixou vítimas; até o momento, não foi identificada a autoria do ataque

A base aérea de Taji, localizada ao norte de Bagdá, onde estão alojadas tropas militares dos Estados Unidos, foi atingida por foguetes nesta terça-feira (14/01), de acordo com informações da polícia iraquiana.

Segundo o comunicado oficial a que a agência de notícias Al Jazeera teve acesso, o ataque contra a base base aérea de Taji não deixou vítimas.

A base iraquiana que abriga um grande número de tropas norte-americanas e outras forças estrangeiras se tornou alvo de grupos armados apoiados pelo Irã após o assassinato do alto comandante iraniano Qassim Soleimani, afirma a agência.


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


De acordo um capitão do exército ouvido sob condição de anonimato, pelo menos dois foguetes Katyusha foram disparados em direção a base. Até o momento, também não foi identificada a autoria do ataque.

Fotos públicas
Foguetes lançados de base aérea

O novo episódio ocorre em meio à escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã, que ganhou forças depois que o presidente Donald Trump ordenou um ataque que matou o general Soleimani. 

No último domingo, quatro pessoas foram feridas após oito foguetes Katyusha terem sido disparados na base aérea de Al Balad. 

Em retaliação ao assassinato do general, o Irã disparou mísseis balísticos contra duas bases militares usadas pelos EUA no Iraque, mas sem deixar mortos. 

Na mesma madrugada dos ataques contra as bases norte-americanas, em 8 de janeiro, o sistema de defesa antiaérea do Irã derrubou por engano um avião da Ukraine International Airlines com 176 pessoas a bordo. Todas morreram.

Comentários