Falta de sacolinha plástica fecha terminal do aeroporto de Munique

Dezenas de voos são cancelados e milhares de pessoas ficam horas retidas, no início das férias de verão, por causa de falha no controle de segurança

Redação

0

Todos os posts do autor

Cerca de 300 voos foram cancelados e mais de 32 mil pessoas ficaram retidas no aeroporto de Munique, entre a manhã deste sábado e a tarde deste domingo (29/07), porque uma passageira entrou na área restrita de embarque sem passar pelo controle de segurança.

O incidente levou à evacuação do terminal 2 do aeroporto, o segundo maior da Alemanha. Dezenas de voos tiveram atrasos, alguns de até sete horas, logo no início das férias de verão na Baviera. Muitos passageiros se queixaram de não saber o que estava acontecendo. Outros tiveram de ser atendidos por causa do forte calor.

Cerca de 2.000 passageiros passaram a noite no aeroporto. Os voos mais afetados foram os da Lufthansa e suas companhias parceiras da Star Alliance, já que elas voam a partir do terminal 2.

A polícia continua investigando o caso, mas relatos na imprensa afirmaram que a mulher simplesmente passou por um controle de segurança que não estava ocupado e entrou na área restrita do aeroporto, no início da manhã deste sábado.

Segundo os relatos, ela anteriormente passara corretamente pelo controle de segurança, quando seguranças verificaram que ela tinha, em sua bagagem de mão, líquidos que não estavam dentro de uma sacolinha plástica. Os seguranças, então, disseram a ela que retornasse para buscar uma sacolinha.

Imagens de câmeras de vídeo mostram que a mulher, mais tarde, retornou à área de controle, sem a bagagem de mão, e passou diretamente por um controle de segurança que não estava em uso.

Os seguranças, contrariando as regras, não alertaram imediatamente as autoridades aeroportuárias. Apenas quando estas ficaram sabendo do incidente, por volta das 6h45, é que a Polícia Federal foi avisada. A polícia ordenou a remoção de todos os passageiros da área de embarque e fechou o terminal 2.

Reprodução
Milhares de pessoas ficaram horas retidas por uma falha na segurança do aeroporto de Munique (picture-alliance/dpa/M. Balk)

O resultado foi o caos. A primeira mensagem transmitida por alto-falante informava apenas que uma operação policial estava em andamento, o que criou insegurança entre os passageiros. Por volta do meio-dia veio outra informação: a polícia liberara a área de embarque, e aviões podiam de novo decolar.

Porém, foram necessárias horas até que os milhares de passageiros que aguardavam no aeroporto passassem pelo controle de segurança, muitos deles pela segunda vez. Bombeiros instalaram ventiladores gigantes para amenizar o forte calor do verão europeu, e funcionários do aeroporto distribuíram garrafas de água.

A polícia divulgou fotos das câmeras de segurança para localizar a mulher. Ela foi identificada no início da noite de sábado como sendo uma mulher de cerca de 40 anos. A polícia já havia descartado que ela oferecesse riscos à segurança pública e afirmou apenas que ela não foi detida.

AS/dpa/afp

Comentários