YouTube

Atentado contra sede do governo do Afeganistão deixa ao menos 48 mortos

Após explosão de homem-bomba, agressores entraram em complexo de prédios de Ministério do Trabalho e Assuntos Sociais e permaneceram por sete horas; episódio ocorreu dias após EUA anunciarem retirada de policiais de território afegão

Redação

Um atentado contra um complexo de escritórios do Ministério do Trabalho e Assuntos Sociais do Afeganistão, na capital Cabul, deixou ao menos 48 mortos e 27 feridos nesta segunda-feira (24/12), segundo autoridades. Os autores permaneceram cerca de sete horas dentro das instalações do governo.

Autoridades afegãs disseram que o ataque ocorreu por volta das 15h15, horário local, e que foi desencadeado por um homem-bomba. Após a explosão, homens armados invadiram os prédios governamentais e continuaram a ação até o anoitecer. 

O número de vítimas foi confirmado pelo porta-voz do Ministério da Saúde Pública, Wahidullah Majroh, que também informou que a ação durou mais tempo devido à localização dos prédios, que ficam em uma zona residencial.

 “A escuridão da noite e a localização dos edifícios atacados em uma região residencial prolongaram a operação”. Ao todo, 357 pessoas foram retiradas do local durante as operações de segurança. Um dos feridos caiu do terceiro andar ao tentar escapar dos agressores.

Até o momento, o ataque não foi reivindicado por nenhum grupo terrorista específico. O episódio ocorreu uma semana após o governo dos Estados Unidos anunciar que iria retirar 7.000 dos 14.000 policiais que atuam em território afegão.

Comentários