Corpo de Paulo Henrique Amorim é velado no Rio de Janeiro

Familiares, jornalistas, artistas e personalidades políticas estiveram presentes para prestar as últimas homenagens

O jornalista Paulo Henrique Amorim foi velado na manhã desta quinta-feira (11/07) na sede da Associação Brasileira de Imprensa, no Rio de Janeiro. O corpo será cremado no Crematório e Cemitério da Penitência, na zona portuária da cidade. 

Familiares, jornalistas, artistas e personalidades políticas estiveram presentes para prestar as últimas homenagens. 

PHA, como era conhecido, sofreu um infarto e faleceu na madrugada da quarta-feira (10/07), aos 76 anos, após jantar com amigos no Rio. O jornalista deixa a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro, e uma filha.

Reprodução
Paulo Henrique Amorim morreu na madrugada de quarta-feira, aos 76 anos

Amorim tem uma longa lista de serviços prestados ao jornalismo brasileiro. Começou a carreira, no começo dos anos 1960, no jornal A Noite e teve passagens pelas revistas Manchete, Fatos e Fotos, Realidade, Veja, Exame. PHA, também teve passagens pelo Jornal do Brasil, pelas TVs Globo (onde foi correspondente em Nova York), Bandeirantes, Manchete, Cultura e pelo portal UOL. Atualmente, estava na Record, onde apresentou, até junho, o programa Domingo Espetacular, após ser afastado por pressões políticas.

(*) Com Revista Fórum.

Comentários