Austrália: Nova Gales do Sul decreta estado de emergência por incêndios

Autoridades do estado australiano também ordenaram a retirada de moradores e turistas da costa sudeste

O estado de Nova Gales do Sul, na Austrália, declarou nesta quinta-feira (02/01) emergência de sete dias em decorrência dos incêndios que atingem algumas regiões.

As autoridades do estado australiano também ordenaram a retirada de moradores e turistas da costa sudeste, antes de uma forte onda de calor que está prevista para sábado (04/01) e que poderá permitir o avanço das chamas.

Shane Fitzsimmons, comissário do serviço de combate a incêndios rurais de Nova Gales do Sul, afirmou em entrevista à emissora ABC que "as condições no sábado serão provavelmente piores do que na véspera de ano novo e muitas das áreas no sudeste do estado poderão ser atingidas muito duramente".


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


Em uma coletiva de imprensa, o subcomissário da polícia de Nova Gales do Sul, Gary Worboys, confirmou a morte de três pessoas nesta quarta-feira (01/01). No total, o país já contabiliza 16 mortos em decorrência dos incêndios.

Fire and Rescue NSW Australia
Autoridades do estado australiano também ordenaram a retirada de moradores e turistas da costa sudeste

O fogo que atinge a Austrália está entre os piores das últimas décadas, já que queimaram mais de três milhões de hectares em cerca de três meses. Por volta de 50 mil residências estão sem energia elétrica e 382 residências foram destruídas pelas chamas.

O país vem registrando temperaturas médias superiores a 40ºC e fortes ventos que contribuem para ampliar as chamas. As autoridades estão usando navios militares e helicópteros nas operações de resgate.

*Com ANSA

Comentários