China consegue isolar primeira estirpe de coronavírus em laboratório; veja foto

O isolamento de um vírus permite aos pesquisadores obter matéria-prima para estudar a doença

O Centro Chinês de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) anunciou nesta sexta-feira (24/01) que a primeira estirpe do coronavírus foi isolada com sucesso em laboratório. O vírus já matou cerca de 26 pessoas e infectou outras centenas em diversas cidades da China.

Segundo o CDC, "a primeira cepa de vírus foi isolada com sucesso e suas fotos com microscópio eletrônico foram divulgadas". 

O isolamento de um vírus permite aos pesquisadores estudar a doença diretamente com sua matéria-prima e pode significar avanços na descoberta de mecanismos de combate.


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


Ate o momento, o governo chinês já isolou 10 cidades, o que é equivalente a 40 milhões de pessoas. Nesta quinta-feira (23/01), a Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu descartar a possibilidade de declarar estado de emergência sanitária global em decorrência do surto de coronavírus.

Divulgação/National Institute for Viral Disease Control and Prevention
O isolamento de um vírus permite aos pesquisadores obter matéria-prima para estudar a doença

"Não se engane. Esta é uma emergência na China, mas ainda não se tornou uma emergência de saúde global", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Além de isolar as cidades, as autoridades do país informaram que estão adotando medidas de desinfecção em aeroportos e estações de trem para conter a doença e evitar que o vírus se espalhe entre humanos.

Comentários