O 1º COSMONAUTA DE CUBA

ARNALDO TAMAYO:

No dia 18 de setembro de 1980, a noite escura da cidade de Baikonur, no Cazaquistão, foi iluminada pelas chamas da decolagem do foguete que levou o 1º astronauta cubano ao espaço.

Arnaldo Tamayo, piloto da Força Aérea de Cuba, partiu acompanhado por seu parceiro soviético Yuri Romanenko para uma estada de sete dias na base orbital Salyut 6.

O feito só foi possível graças ao programa espacial Intercosmos, iniciativa liderada pela URSS que visava a cooperação entre os países socialistas na exploração espacial.

O projeto, que começou em 1978 e foi encerrado em 1988, chegou a contar com 14 cosmonautas (o nome soviético para astronautas) de países como Vietnã, Mongólia, Afeganistão e Síria.

Tamayo ingressou na Força Aérea logo após o triunfo da Revolução, em 1959, e terminou sua formação como piloto em Moscou.

Durante o episódio que ficou conhecido como a Crise dos Mísseis, em 1962, Tamayo participou de várias operações de reconhecimento para interceptar aeronaves norte-americanas.

Em 1978, após uma criteriosa seleção que envolveu 40 experientes pilotos cubanos, Tamayo foi escolhido para integrar a missão que seria a 12ª expedição à estação espacial internacional Salyut 6.

O cubano, entretanto, conta que dormiu só a metade do tempo, utilizando as outras 4 horas para tirar fotos e observar o universo.

Após a decolagem, os cosmonautas teriam 8 horas de descanso.

"Se essa é a única oportunidade de estar no cosmos, não vim aqui para dormir", relembrou Tamayo.

O momento mais marcante da jornada do cubano aconteceu ainda no trajeto até a Salyut 6, quando a espaçonave sobrevoou sua terra natal.

Atravessamos a ilha de Cuba no dia 19 de setembro. Tive pouco tempo para observá-la, mas havia poucas nuvens, o que nos permitiu enxergá-la muito bem. Foi um momento muito emocionante

De volta à Terra, os cosmonautas visitaram Havana e foram recebidos por Fidel Castro, que os acompanhou em cortejo até a Praça da Revolução, saudados pelo povo nas ruas.

Continuamos a celebrar os resultados do voo, da ciência cubana na preparação das experiências e o triunfo de um programa criado pelo socialismo

Desenvolvimento: Fernanda Forgerini
 
Texto original:
Lucas Estanislau

Fotos:
Wikimedia Commons/ Cubadebate/ R
oscosmos/ Flickr/ 

Visite Opera Mundi