Espanha foi o destino turístico preferido na UE na primeira metade de 2013

Chegadas internacionais aumentaram 4%, com 34 milhões de visitantes no total

Agência Efe

0

Todos os posts do autor

Com 34 milhões de visitantes, a Espanha foi o destino favorito dos turistas na Europa durante os primeiros seis meses de 2013, informou nesta sexta-feira a Comissão Europeia com base em dados da Organização Mundial do Turismo.

A Espanha, país no qual neste período aumentaram as chegadas internacionais em 4%, lidera os resultados de visitas entre os 28 países da UE (União Europeia), seguido por Itália, França, Áustria, Alemanha, Grécia e Reino Unido.

O turismo vivenciou um aumento de 5% no conjunto da UE neste período, sendo os países do Mediterrâneo e da Europa central e oriental os mais visitados, com um aumento do turismo em 6% e 9%, respectivamente.

Wikicommons

A Catedral de Santiago de Compostela, uma das cidades mais famosas e visitadas da Espanha 

O comissário europeu de Indústria e Empreendimento, Antonio Tajani, comemorou os números positivos da temporada turística comunitária e disse que é "um prazer" para a Comissão apresentar estes dados perante as "grandes dificuldades econômicas e elevadas taxas de desemprego" que enfrentam vários países-membros.

"Teríamos que continuar buscando maneiras de fazer florescer o setor turístico europeu", indicou Tajani em comunicado, onde afirmou que entre as iniciativas da Comissão está "atrair mais turistas das economias emergentes" facilitando os vistos.

Entre os países mediterrâneos, os Estados que registraram maiores melhoras no turismo neste período foram Malta (onde as visitas aumentaram 10%), Grécia (9%) e Portugal (8%).

Quanto à Europa central e oriental, chamou atenção o aumento do turismo na Eslováquia (19% mais), na Letônia (onde cresceu 11%) e Lituânia (9% mais).

Os números foram publicados hoje por ocasião do Dia Mundial do Turismo, uma data que a ONU organiza desde 1980 para a promoção dos valores sociais, culturais e econômicos deste setor em nível global.

Comentários