10 PLANOS malucOs da CIA para tentar matar Fidel Castro

Após o triunfo revolucionário em Cuba, liderado por Fidel Castro em 1959, a CIA, agência norte-americana de espionagem, tentou
matá-lo diversas vezes.

Segundo Fabián Escalante, um dos responsáveis pela segurança de Fidel, o líder revolucionário sobreviveu a mais de 600 tentativas de assassinato.

Fidel morreu em 2016, aos 90 anos, de causas naturais. A seguir, conheça algumas dessas tentativas.

1

MULHER
FATAL

Considerada "namorada" de Fidel, Marita Lorenz teria aceito uma oferta da CIA para envenenar o cubano. As pílulas com veneno, no entanto, derreteram dentro de um pote de hidratante. 

Uma outra ideia era presentear Fidel com trajes forrados com bactérias que provocariam doenças de pele. Mas a CIA desistiu do plano antes da execução.

2

roupa
envenenada

O plano era equipar uma caneta com uma agulha fina o suficiente para que Fidel não percebesse quando fosse injetado nele um potente veneno.

3

Caneta-seringa hipodérmica

A CIA teria planejado eliminar Fidel usando um explosivo enrolado em um charuto. A agência teria tentado executar o plano em uma visita dele à ONU, em 1960 (foto), mas falhou.

4

CHARUTO
EXPLOSIVO

Em uma variação da ideia anterior, a CIA imaginou que poderia tentar matar Fidel entregando um charuto envenenado. 

5

VENENO
NO CHARUTO

Sabendo que Fidel gostava de mergulhar, a CIA planejou colocar explosivos em uma concha caracol com cores que pudessem atrair a atenção do cubano.

6

CONCHA
DO MAR
EXPLOSIVA

A ideia era fazer com que a barba de Fidel caísse. A CIA planejou colocar um produto químico em um charuto para fazê-lo perder os cabelos faciais.

7

CREME DEPILATÓRIO

Para desacreditar Fidel, a agência teria planejado utilizar um spray com substâncias similares ao LSD dentro de um estúdio de rádio em que o revolucionário falava ao vivo, a fim de drogá-lo. 

8

LSD

Na obsessão para contaminar Fidel com toxinas e bactérias nocivas, houve um plano de enviar ao revolucionário lenços impregnados de bactérias que poderiam causar uma grave doença.

9

BACTÉRIAS
MORTAIS

A vez em que a CIA ficou mais próxima de matar o cubano foi em 1963, com uma batida envenenada. Mas a pílula para ‘batizar’ a bebida se abriu antes, derramando o veneno.

10

BATIDA
ENVENENADA

Texto:
RT/Revista Samuel

Desenvolvimento:
Redação Opera Mundi

Fotos:
Slide 7 - Markus Spsiske/Unsplash
Slide 10 - Alberto Korda
Restante: Wikimedia Commons

Visite Opera Mundi