Manifestantes pelo mundo vão às ruas no 1º de maio para pedir liberdade de Lula

Foram registradas manifestações em cidades como Nova York, Havana, Genebra, Paris, Santiago, entre outras

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Diversas manifestações aconteceram em várias cidades do mundo nesta terça-feira (01/05) pedindo liberdade ao ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Os protestos e passeatas ocorreram em diversas capitais pelo mundo durante o Dia Internacional do Trabalhador.

Na América do Sul foram registradas manifestações na cidade de Havana, em Cuba, na capital chilena Santiago e em Buenos Aires, na Argentina. Também feitas demonstrações de apoio ao ex-presidente durante manifestações do 1º de maio na capital mexicana, Cidade do México.

As demonstrações de solidariedade a Lula também tiveram lugar no continente europeu. Na Suíça ocorreram protestos nas cidades de Zurique e Genebra, e na Alemanha, nas cidades de Berlim e Hamburgo. Além disso, manifestações também ocorreram em Barcelona, na Espanha, em Milão, na Itália, em Lisboa, Portugal, e em Paris, capital francesa.

Nas manifestações do Dia do Trabalhador em Nova York também ocorreram demonstrações de apoio a Lula.

Veja as fotos:

Divulgação

Manifestações em Genebra, na Suíça

Divulgação

Ato em Berlim, capital da Alemanha

Divulgação

Nova York, nos Estados Unidos

Opinião pública versus interesses particulares

 

Divulgação

Protesto por Lula Livre em Barcelona, na Espanha

Divulgação

Ato na capital da França, Paris

Divulgação

Capital mexicana, Cidade do México

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias