Cachorro é candidato a prefeito em pequena cidade italiana

“Melhor um cachorro político do que um político cachorro” é o lema da candidatura do cão Stefano

Divulgação
Uma pequena cidade italiana pode eleger um inusitado prefeito no próximo dia 28: Stefano, um bulldog francês de cinco meses que representa o Partido da Raiva. Sua candidatura pode parecer brincadeira, mas faz parte de um escracho de habitantes contra os políticos locais.

De maneira irônica e descontraída, os partidários de Stefano apresentam a campanha eleitoral com o lema “Melhor um cachorro político do que um político cachorro”. Parte dos 60 mil moradores de Agrigento, na Sicília, promete votar no cão. 

Os muros da cidade estão cobertos de cartazes com o bulldog e dezenas de pessoas distribuem seus panfletos. Nas imagens, Stefano aparece engravatado, com o símbolo de seu partido (uma pata em cima da bandeira italiana) estampado no canto.

“Stefano não é um político, não é outra coisa senão um protesto contra os bandidos da política nacional”, disse um dos donos do cachorro citado pela emissora Antena 3. “Stefano está contra as castas, mas a favor das pessoas que trabalham pelo bem comum”, acrescentou ele.

Garçom espanhol vira herói após proteger manifestantes em Madri

Outono Quente para reconstruir a democracia na Europa

Contra austeridade, trabalhadores protestam e planejam greve geral em toda a Europa

 

Leia Mais

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Mulheres começam a dirigir na Arábia Saudita

Abertura é reflexo de uma mobilização de quase três décadas em defesa dos direitos das mulheres sauditas; as primeiras campanhas pelo direito a dirigir ocorreram nos anos 1990