Aula Pública Opera Mundi: por que o mundo precisa combater a intolerância religiosa?

No quarto episódio da terceira temporada, Magali Cunha explica como Estado deve garantir respeito às diferenças de crença

Redação

Todos os posts do autor

No quarto episódio da terceira temporada da Aula Pública, Magali Cunha, professora de Comunicação Social da Universidade Metodista, explica como o mundo precisa combater a intolerância religiosa.

Reprodução

Aula Pública com professora Magali Cunha


Para a jornalista, garantir que o Estado seja laico é fundamental para que a liberdade de crença seja respeitada. Combater a violência contra manifestações de fé, afirma, faz parte do "processo de construção da democracia".

“A liberdade religiosa é um direito humano. Quando falamos em respeito, falamos da liberdade do outro de pensar, se expressar e professar a sua fé. Portanto, para superar a intolerância religiosa é preciso trabalhar pela garantia do direito humano de crer ou não crer”, afirma.
 

Assista aos episódios da terceira temporada:
Marcelo Godoy: quem ensinou os militares brasileiros a torturar?
Breno Altman: palestinos têm direito à insurreição?
Deisy Ventura: qual o futuro da saúde global?


Magali Cunha também discute a chamada “bancada evangélica” no Congresso brasileiro e a importância do Papa Francisco no combate aos crimes motivados pela intolerância religiosa.

Assista ao primeiro bloco da Aula Pública Opera Mundi com Magali Cunha: Por que o mundo precisa combater a intolerância religiosa?

No segundo bloco, Magali Cunha responde a pergunta da jornalista Janaína César

No terceiro bloco, Magali Cunha responde perguntas do público da Universidade Metodista, em São Bernardo do Campo

Comentários