EUA: Trump considera enviar imigrantes detidos para cidades governadas pelo partido Democrata

Trump ainda comentou que "a esquerda radical sempre parece ter política de fronteiras abertas, de braços abertos. Então isso deve deixar eles muito felizes"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira (11/04) que seu governo está "considerando seriamente" levar migrantes em situação irregular presos em centros de detenção para "cidades-santuário" no país, cuja maioria é controlada por governos democratas que possuem políticas de proteção à imigração e não contribuem com forças federais imigratórias.

"Devido ao fato dos democratas não estarem dispostos a mudar nossas leis de imigração muito perigosas, nós estamos de verdade, como foi dito, considerando seriamente colocar imigrantes ilegais somente em cidades-santuário", escreveu Trump em sua conta no Twitter.

Trump ainda comentou que "a esquerda radical sempre parece ter política de fronteiras abertas, de braços abertos. Então isso deve deixar eles muito felizes".

Segundo o jornal The Washigton Post, o plano contaria com agências de migração para transportar os imigrantes às cidades que protegem os que chegam ao país. 

Em comunicado publicado no periódico norte-americano, um funcionário do Departamento de Segurança Interna disse que o órgão "não está elaborando planos para implementar a proposta".

Em nota, a Casa Branca afirmou que "esta foi uma sugestão que foi lançada e rejeitada, o que acabou com qualquer discussão posterior".

A proposta já havia sido feita pelo presidente dos EUA em outras ocasiões e rejeitada por pessoas ligadas a imigração, sob a justificativa de que o plano de mandar imigrantes à cidades-santuário era inviável. 

Gage Skidmore/ Flickr
Trump publicou em seu Twitter plano para levar imigrantes ilegais às cidades-santuários.

Comentários