Milhares de bolivianos vão às ruas de La Paz para receber candidato à presidência do MAS

Após o golpe de Estado que forçou a renúncia do ex-presidente Evo Morales, ex-ministro da Economia saiu do país e estava exilado na Argentina; Arce agradeceu à recepção e afirmou que agora está 'com mais força'

Milhares de bolivianos receberam nesta terça-feira (28/01) o candidato à presidência do país, Luis Arce, pelo partido Movimento ao Socialismo (MAS) no aeroporto de El Alto e nas ruas da capital La Paz.

Ex-ministro da Economia, Arce saiu do país com a ajuda das embaixadas do México, Uruguai e da Argentina após o golpe de Estado que forçou a renúncia do ex-presidente Evo Morales. 

Por sua vez, Morales declarou como "grande e emocionante" o encontro de Arce com os bolivianos e afirmou que a reunião de Arce e Daivd Choquehuanca, candidato à vice-presidente - "mostra a integração do urbano com o rural".


FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI


"Grande e emocionante recepção em El Alto a nosso futuro presidente da Bolívia, Luis Arce. O encontro entre Luis e David mostra a integração do urbano e do rural. A interculturalidade da diversidade que alcançaremos com o processo de mudanças com dignidade, unidade e identidade", disse.

Reprodução
Luis Arce foi recebido por militantes do MAS nas ruas de La Paz

Arce agradeceu à recepção e afirmou que agora está "com mais força". O candidato agora começa sua campanha para as eleições presidenciais de 3 de maio. Ao desembarcar na Bolívia, o candidato também se encontrou com seu colega de chapa, David Choquehuanca. Segundo o jonal La Razón, o deputado do MAS Henry Cabrera afirmou que os nos próximos dias Arce se encontrará com dirigentes do Pacto de Unidade, da Central de Operários da Bolívia e com a direção nacional do MAS.

Cabrera também disse que o candidato se reunirá com os membros do partido que integram a bancada na Assembleia Legislativa Plurinacional. 

Comentários