Vice-presidente uruguaio renuncia e Topolansky, esposa de Mujica, assumirá o cargo

Lucía Topolansky, ex-guerrilheira, foi a segunda senadora mais votada nas últimas eleições do Uruguai

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Vice-presidente uruguaio, Raúl Sendic, renunciou ao cargo neste sábado (09/09). Lucía Topolansky, senadora pelo partido de esquerda Frente Ampla, assumirá a vice-presidência após Sendic ter sido acusado de ter usado cartões corporativos oficiais e um título acadêmico falso. 


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

A Frente Ampla é a coalizão de partidos do presidente Tabaré Vázquez e do ex-presidente e senador do Movimento de Participação Popular José Mujica. O ex-vice-presidente deixou o cargo após ter sido acusado de ter usado cartões corporativos quando era diretor da companhia de petróleo ANCAP, entre 2010 e 2013, para fazer compras pessoais. O Tribunal de Conduta Política da agremiação emitiu uma nota em que disse que Sendic atuou de um modo "inaceitável no uso de dinheiro público".

Sendic anunciou a decisão na sua conta no Twitter, onde escreveu: "Apresentei ao plenário da Frente Ampla minha renúncia indeclinável à vice-presidência. Comuniquei também ao presidente Tabaré Vázquez".

Reprodução

Ex-guerrilheira Lucia Topolansky, esposa do ex-presidente Mujica, assumirá a vice-presidência do Uruguai

É a primeira vez que um vice-presidente renuncia no Uruguai. Segundo a Constituição do país, Sendic deveria ser substituído pelo senador mais votado no último pleito, Pepe Mujica. Porém, ele está inabilitado para ocupar o cargo porque no Uruguai não há reeleição. Assim, Topolansky assumiu a primeira posição da lista eleitoral. Ainda não há data para a senadora ocupar o cargo da vice-presdiência.

Ex-presidentes Pepe Mujica e Felipe González vão liderar verificação de acordo entre FARC e Colômbia

Luta de classes não deve ser luta de ódio, diz ex-presidente uruguaio Pepe Mujica

Uruguai pede reunião do Mercosul para discutir reforma trabalhista do Brasil, a qual diz ser 'retrocesso'

 

"Topolansky é uma militante antiga do partido (o MPP, parte da Frente Ampla), vai assumir o que sua organização e a circunstância pedirem" disse Mujica ao telejornal uruguaioTelenoche. Ela e Mujica se conheceram durante a guerrilha, participaram do grupo  MLN-Tupamaros, que atuou no Uruguai nos anos 1960 e 1970. Nas décadas seguintes, Topolansky virou política e teve passagens pela Câmara dos Deputados e pelo Senado.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

'Fatos alternativos' é a 'despalavra' de 2017

Termo estimula substituição de argumentos factuais por afirmações não comprovadas para manipular debate público, diz júri; iniciativa quer chamar atenção para palavras que ferem dignidade humana ou democracia

 

Sob a fumaça, a dependência

Não são apenas os fumantes que estão atrelados a um hábito do qual é difícil se livrar; o Brasil, líder global na exportação de tabaco, oculta sob os dados econômicos um quadro social de efeitos devastadores

 

Cientistas descobrem o que dizimou astecas

Após cinco séculos de mistério, equipe internacional de pesquisadores detecta bactéria, levada por europeus, que teria sido responsável pela morte de 15 milhões de pessoas em apenas cinco anos